Por que a Relâmpago do Oriente avança com progresso imparável

O Senhor Jesus disse: “Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem” (Mateus 24:27). Desde que a Relâmpago do Oriente – Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias – apareceu na China para realizar Sua obra, o evangelho de Seu reino se espalhou por toda a China continental em pouco mais de dez anos. Agora, espalhou-se para muitos países e regiões ocidentais, abalou as estruturas de várias denominações e enviou murmúrios por todo o mundo. No entanto, a questão mais desconcertante para os líderes do mundo religioso é: por que é que, embora os pastores e presbíteros do mundo religioso tenham feito o máximo para resistir, difamar e condenar a Relâmpago do Oriente, sufocar suas igrejas e até chegaram ao ponto de conspirar com o governo do Partido Comunista Chinês para prender e perseguir os cristãos na Igreja de Deus Todo-Poderoso, os crentes de várias denominações, que têm boa humanidade e que verdadeiramente creem no Senhor, aceitam e seguem Deus Todo-Poderoso um após o outro? Por que é que, embora confrontada com a resistência e perseguição frenéticas por dois braços das forças de Satanás – o governo do Partido Comunista Chinês e o mundo religioso – a Relâmpago do Oriente não só não foi destruída ou vencida, mas, pelo contrário, continuou a florescer e a ganhar força, como brotos crescendo depois da chuva, e avançou de modo inexorável e irresistível?

Na verdade, não é difícil encontrar o motivo. Seria melhor olharmos primeiro a obra do Senhor Jesus antes de examinarmos essa questão e, naturalmente, encontraremos a resposta. Quando o Senhor Jesus se manifestou e realizou Sua obra, Ele se submeteu à frenética resistência e condenação dos principais dos sacerdotes, escribas e fariseus judeus até o ponto em que esses conspiraram com as autoridades romanas para pregar Jesus na cruz, esperando assim, em vão, banir a obra do Senhor Jesus. Por que, então, o evangelho do Senhor Jesus se espalhou pelo mundo judaico e alcançou até mesmo os ouvidos dos gentios? As autoridades romanas perseguiram e massacraram os cristãos ferozmente por trezentos anos, então como o número de cristãos não só não diminuiu, mas, pelo contrário, cresceu e se desenvolveu em meio a essa perseguição, espalhando-se por todos os cantos do império romano e por todo o mundo? Foi porque o Senhor Jesus era Deus encarnado na carne, Ele era a manifestação de Deus, e as obras e palavras do Senhor Jesus eram as obras e palavras de Deus; portanto, ninguém poderia parar ou destruir a expansão do evangelho do Senhor Jesus. A Bíblia diz: “Porque este conselho ou esta obra, caso seja dos homens, se desfará; mas, se é de Deus, não podereis derrotá-los; para que não sejais, porventura, achados até combatendo contra Deus” (Atos 5:38-39). Ou seja, qualquer coisa que venha de Deus prosperará e qualquer coisa que venha do homem certamente se deteriorará. As palavras de Deus Todo-Poderoso dizem: “Acreditamos que nenhum país ou poder consegue impedir o que Deus deseja alcançar” (de ‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”). Da mesma forma, se a Relâmpago do Oriente não fosse manifestação e obra do único e verdadeiro Deus, teria sido capaz de romper camada após camada de obstruções, resistência e perseguição levantadas pelo mundo religioso e pelo governo ateísta do Partido Comunista Chinês, como um bastião de muros de ferro, e se espalhar rapidamente por toda a China e até em todo o resto do mundo? Se não fosse guiada pela obra do Espírito Santo, teria autoridade e poder para fazer todas as nações fluírem para essa montanha e todas as religiões se tornarem uma? Se não fosse a manifestação e obra de Deus, teria sido capaz de expressar a verdade e executar o julgamento para conquistar tantos crentes verdadeiros de várias denominações, ovelhas boas e principais, e fazê-los seguir com corações resolutos? Os fatos são suficientes para provar que Cristo dos últimos dias, o Deus Todo-Poderoso testemunhado pela Relâmpago do Oriente, é o Senhor Jesus que retornou, e é de fato o Deus que se manifestou e opera nos últimos dias. Portanto, a Relâmpago do Oriente é capaz de avançar com um progresso imparável, enfrentando a perseguição frenética e a repressão cruel do governo do Partido Comunista Chinês e do mundo religioso!

De onde vem a Relâmpago do Oriente

Devemos ver também que os discípulos durante a Era da Graça conseguiram seguir o Senhor enquanto eram ferozmente perseguidos tanto pelo judaísmo quanto pelas autoridades romanas, principalmente porque o Senhor Jesus havia expressado muitas verdades e revelado os mistérios do reino celestial e porque as pessoas ouviram em Suas palavras a voz de Deus e reconheceram que o Senhor Jesus era Cristo, o Messias que estava por vir; então foram capazes de segui-Lo com corações resolutos e espalhar seu testemunho Dele, como Pedro disse: “Senhor, para quem iremos nós? Tu tens as palavras da vida eterna” (João 6:68). Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso expressou toda a verdade que permitirá que as pessoas alcancem a purificação e sejam salvas, e realizou Sua obra de julgamento começando pela casa de Deus. Essas são as palavras que o Espírito Santo diz às igrejas, são o livro e os sete selos abertos pelo Cordeiro, como profetizado no livro d Apocalipse (ver Apocalipse 5:2-10). Cristo dos últimos dias, Deus Todo-Poderoso, publicou milhões de palavras que não apenas revelam todos os mistérios do plano de 6.000 anos de gerenciamento de Deus, revelam Seu propósito nas três etapas de Sua obra de salvação da humanidade, revelar o pano de fundo, informações dos bastidores e a substância por trás de cada uma das etapas de Sua obra, bem como a história interna da Bíblia e o mistério da encarnação de Deus, mas também cobrem uma miríade de verdades, tais como o modo como Satanás corrompe a humanidade, como Deus a salva, como Ele faz a obra de julgamento, como as pessoas são classificadas de acordo com a sua espécie, o desfecho e o destino da humanidade, e como o reino de Cristo é realizado. Essas palavras não são apenas um banquete para os olhos da humanidade e permitem que as pessoas ampliem seus horizontes, mas também permitem entendam a obra de Deus, Seu caráter e Sua essência. Além disso, Suas palavras nos permitem alcançar uma mudança de caráter e ser purificado, e Suas palavras verdadeiramente contêm todas as verdades das quais nós, pessoas corruptas, precisamos para sermos salvos e aperfeiçoados. As ovelhas de Deus escutam Sua voz, e os crentes que se submetem com humildade e têm sede da manifestação de Deus são completamente conquistados pelas palavras de Deus Todo-Poderoso à medida que buscam e estudam o verdadeiro caminho; eles têm certeza de que as três etapas da obra, a Era da Lei, a Era da Graça e a Era do Reino, são obra de um só Deus; eles viram verdadeira e claramente que a obra e as palavras reais de Deus são incomparáveis e não podem ser substituídas por quaisquer teorias ou conhecimentos forjados pela humanidade. Suas palavras são expressões da verdade, e elas confirmam que Deus Todo-Poderoso encarnado é, precisamente, o Filho do homem que retorna nos últimos dias e a manifestação do único e verdadeiro Deus. Portanto, todas as pessoas se prostram diante de Deus Todo-Poderoso e O reconhecem como seu Pai, e prometem segui-Lo até o fim. É por isso que há cada vez mais pessoas verdadeiramente fiéis que não mais temem dificuldades e privações e que seguem Deus Todo-Poderoso.

Além disso, a chave para entender por que a Relâmpago do Oriente é capaz de avançar com um progresso imparável, apesar da feroz perseguição e da cruel repressão do Partido Comunista Chinês e do mundo religioso, é conhecer a Deus e Sua obra. Se conseguirmos buscar e estudar a obra de Deus Todo-Poderoso com um coração quieto e ler as palavras expressas por Ele, e se pudermos entender as três etapas da obra em todo o plano de gerenciamento de Deus em 6.000 anos, é fácil ver isso que a obra de julgamento realizada por Cristo dos últimos dias – Deus Todo-Poderoso – foi construída sobre o fundamento da obra de Deus Jeová na Era da Lei e na obra do Senhor Jesus na Era da Graça. Não há contradição com as duas etapas anteriores da obra de Deus, elas seguem-se uma à outra mais apropriadamente, cada qual com seu próprio papel a desempenhar, inextricavelmente ligada e progredindo passo a passo. As três etapas da obra são obra de um só Deus; Jeová, Jesus e Deus Todo-Poderoso são um só Deus, o próprio Deus que criou os céus, a terra e todas as coisas.

Tome a Era da Lei, por exemplo: Deus usou Moisés para proclamar Suas leis e mandamentos, para guiar a vida do homem na Terra e para que ele soubesse o que era pecado e como deveria adorar a Deus. Durante o último período da Era da Lei, a humanidade tornou-se cada vez mais profundamente corrompida por Satanás e, apesar de tudo, todos continuaram pecando e eram incapazes de guardar as leis. À medida que os pecados da humanidade aumentavam diariamente, os sacrifícios por seus pecados se tornavam cada vez menores, e ela caiu em uma armadilha inescapável de pecado. Gradualmente, a humanidade perdeu sua reverência por Deus e chegou ao ponto de sacrificar animais cegos e aleijados no altar sagrado de Deus Jeová, e assim sucumbiu ao perigo de morrer sob a maldição da lei. Foi contra esse pano de fundo que uma nova etapa da obra se fez necessária para que Deus salvasse o homem. Isso porque somente o próprio Deus – o Criador – poderia salvar a humanidade corrompida e depravada e, por essa razão, Deus se fez carne e se manifestou na forma do Senhor Jesus para iniciar a obra redentora da Era da Graça. Ele tomou sobre Si os pecados da humanidade e foi pregado na cruz como uma oferta pelo pecado para a humanidade, absolvendo assim todos os pecados da humanidade de uma vez por todas. O Senhor Jesus ensinou a Seus seguidores que eles deveriam perdoar e ser pacientes, amar o próximo como a si mesmos e carregar a cruz para O seguir. Ele também ensinou as pessoas a fazerem coisas como partir o pão, beber do vinho, lavar os pés dos outros e cobrir a cabeça. O Senhor Jesus pediu que as pessoas colocassem mais verdades em prática, Ele exigiu mais da humanidade do que lhes fora exigido durante a Era da Lei e deu ao homem uma direção a seguir na nova era. Enquanto as pessoas cressem no Senhor Jesus, confessassem-se a Ele e se arrependessem, então poderiam desfrutar da ampla graça do Senhor e obter Sua redenção. O Senhor Jesus trouxe a obra na Era da Graça e concluiu a Era da Lei, que se estendeu por mais de 2.000 anos. Era uma obra mais recente e superior, realizada sobre o fundamento da obra de Deus na Era da Lei.

Depois que cremos no Senhor, embora sejamos perdoados de nossos pecados, justificados pela fé e salvos, isso significa apenas que não somos de pecar e que Deus não nos vê como pecadores. Ainda assim, muitas vezes cometemos pecados e vivemos em um ciclo vicioso de constante pecado, confissão e arrependimento. Não rompemos de verdade as amarras do pecado e, no momento em que as circunstâncias certas surgirem, nossos carácteres corruptos e satânicos, tais como arrogância e presunção, disputa por fama e fortuna, desonestidade e astúcia, mentira e trapaça, serão expostos apesar de tudo. Não podemos deixar de pecar e ofender o Senhor, assim como Paulo disse: “Com efeito o querer o bem está em mim, mas o efetuá-lo não está” (Romanos 7:18). Claramente, nossa crença no Senhor Jesus e o perdão de nossos pecados não demonstra que fomos totalmente ganhos por Deus. É porque a raiz por trás desses pecados, a saber, nossa natureza satânica que resiste e trai a Deus, não foi resolvida. Desse modo, mesmo que Deus não se lembre dos nossos pecados e não nos trate de acordo com estes, ainda assim vivemos na carne e não temos como nos desfazer de nossa natureza pecaminosa. Mesmo que nossos pecados fossem perdoados mil ou dez mil vezes, e a Era da Graça continuasse por mais dois mil anos, nós ainda cometeríamos pecado e ainda desafiaríamos e trairíamos a Deus, seríamos incapazes de romper as amarras de nossa natureza pecaminosa. Portanto, para que a humanidade corrupta seja totalmente salva da influência de Satanás, Deus precisa realizar pessoalmente outra etapa da obra, uma tal mais profunda e completa, para salvar a humanidade, e isso resolverá totalmente os carácteres satânicos e a natureza pecaminosa do homem, permitindo assim que o homem se desfaça por completo da influência de Satanás e seja totalmente ganho por Deus. Portanto, o Senhor Jesus prometeu que retornaria e profetizou que prepararia uma salvação mais completa para o homem.

De fato, a Bíblia contém profecias sobre a salvação de Deus nos últimos dias, onde a Primeira Epístola de Pedro, capítulo 1, versículo 5, diz: “Que pelo poder de Deus sois guardados, mediante a fé, para a salvação que está preparada para se revelar no último tempo” Esse versículo da escritura prevê claramente: para nós que seguimos o Senhor Jesus, Deus preparou a salvação nos últimos dias. Então, o que será, na verdade, essa salvação nos últimos dias? A Bíblia diz: “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). “Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:48). “E vi outro anjo voando pelo meio do céu, e tinha um evangelho eterno para proclamar aos que habitam sobre a terra e a toda nação, e tribo, e língua, e povo, dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é chegada a hora do seu juízo” (Apocalipse 14:6-7). Podemos ver nessas escrituras que o “evangelho eterno” refere-se à obra de julgamento que começa na casa de Deus, onde Ele usa palavras tão afiadas quanto espadas para julgar e purificar o homem. Esse é exatamente o julgamento diante do grande trono branco mencionado no livro do Apocalipse, e é a obra de separação das ovelhas das cabras e do joio do trigo, de separação de cada qual de acordo com a sua espécie e determinação dos fins e destinos. Deus Todo-Poderoso diz: “Quando se trata da palavra ‘julgamento’, você irá pensar nas palavras que Jeová disse a todos os lugares e nas palavras de repreensão que Jesus disse aos fariseus. Por toda a severidade delas, essas palavras não são o julgamento do homem por Deus, apenas palavras ditas por Deus dentro de diferentes ambientes, isto é, em diferentes situações; tais palavras não são como as palavras ditas por Cristo ao julgar o homem nos últimos dias. Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Tais palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Tais palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, tais palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a materialização de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras, como também a expõe, o tratamento e a poda no longo prazo. Tais métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Tais efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Tal é a obra de julgamento realizada por Deus” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”). A partir das palavras de Deus, podemos entender que: nos últimos dias, Deus faz a obra de julgamento e expressa todas as verdades que julgam, purificam e salvam a humanidade, Ele faz conhecer a todas as pessoas Sua obra, Seu caráter e o que Ele tem e é; além disso, Ele expõe e julga todos os carácteres corruptos do homem a partir de sua corrupção por Satanás e a verdade acerca de sua corrupção, para que a humanidade possa entender melhor Sua vontade, ter verdadeiro conhecimento Dele e entender de verdade a fonte e substância da corrupção do homem por Satanás. Além disso, a obra de julgamento também permite que a humanidade ganhe realmente a verdade, o caminho e a vida concedidos por Cristo dos últimos dias, mudando assim suas antigas ideias e carácteres, purgando-os completamente de sua natureza pecaminosa e transformando-os em pessoas que possuem a verdade e humanidade, que verdadeiramente obedecem a Deus, que vivem em verdadeira semelhança humana e que alcançam por completo a salvação de Deus e são ganhos por Ele. A obra de julgamento de Deus é a mais completa salvação construída sobre o fundamento da obra redentora do Senhor Jesus e é também a etapa final de obra de Deus, que conclui Seu plano de gerenciamento de 6.000 anos, que é o obra de conquista e aperfeiçoamento do homem; essa é verdadeiramente a salvação completa revelada nos últimos dias, que Deus preparou para nós.

Irmãos e irmãs, isso é o bastante de comunhão por enquanto, e confio que vocês tenham adquirido algum entendimento acerca de por que a Relâmpago do Oriente ainda avança com um progresso imparável, apesar da frenética perseguição do governo do Partido Comunista Chinês e do mundo religioso. É precisamente porque a Relâmpago do Oriente é a manifestação e obra de Deus nos últimos dias. Deus Todo-Poderoso é a chegada do Salvador – Cristo dos últimos dias; Sua obra de julgamento é a salvação que se manifesta nos últimos dias, pela qual todos os verdadeiros crentes há muito ansiavam. Portanto, o evangelho do reino de Deus Todo-Poderoso tem sido capaz de se espalhar a toda velocidade em toda a China continental e até se expandir para todos os países e terras do mundo. Queridos irmãos e irmãs, quando confrontados com a manifestação e a obra de Deus, que escolha você deve fazer? O Senhor Jesus disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu as conheço, e elas me seguem” (João 10:27). Se você entende, então o que está esperando?

Conteúdo Relacionado