Mesmo que o mundo religioso seja governado por pastores e anciãos, e que estes sejam hipócritas que trilham a senda dos fariseus, o que seus pecados têm a ver conosco? Apesar de os seguirmos e ouvirmos, nós cremos é no Senhor Jesus, não nos pastores e anciãos. Sinto que não embarcamos na senda dos fariseus. Como é que também nos tornamos fariseus?

2021-02-21 1

Resposta: Existem muitas pessoas na religião que creem cegamente, adoram e seguem os fariseus. Então, o caminho que elas percorrem é o caminho dos fariseus, se você pensar nisso, fica óbvio. Você ousa dizer que adora e protege os fariseus em seu coração, mas não tem nada a ver com seus pecados? Você ousa dizer que segue os fariseus hipócritas, mas não é como eles, uma pessoa que resiste a Deus? Vocês ainda não conseguem entender uma coisa tão simples assim? O tipo de pessoa que você segue é o tipo de caminho que você percorre. Se você segue os fariseus, então você está no caminho deles. Se você está no caminho dos fariseus, então você é o mesmo tipo de pessoa que eles. A pessoa que você segue e o caminho que você escolhe estão diretamente relacionados. Quem segue os fariseus tem a mesma natureza e essência que os fariseus. Essa é uma verdade inegável. A essência dos fariseus é a hipocrisia. Eles creem em Deus, mas não amam a verdade, nem buscam a vida. Eles só creem num Deus vago no céu e em suas próprias noções e imaginações, mas não creem, nem admitem a encarnação de Cristo. Estritamente falando, eles são todos incrédulos. A crença deles em Deus é pesquisar teologia e tratar a fé em Deus como uma forma de conhecimento pra conduzir pesquisas. Os meios de subsistência deles dependem da pesquisa da Bíblia e da teologia. Em seus corações, a Bíblia é o seu sustento. Eles acham que quanto melhor eles explicam o conhecimento bíblico e a teoria teológica, mais as pessoas os adorarão e mais firme e alto poderão permanecer no púlpito, e mais estável será seu status. Os fariseus são pessoas que vivem apenas pelo seu status e sustento, estão fartos e desprezam a verdade. de que quando o Senhor Jesus se fez carne e veio realizar Sua obra, eles mantiveram, com afinco, suas próprias noções, imaginações e conhecimento bíblico pra protegerem seu próprio status e sustento, não tiveram dificuldades pra resistir e condenar o Senhor Jesus e se oporem a Deus. Nas palavras de Deus Todo-Poderoso veremos a essência odiosa da verdade dos fariseus e as raízes de sua resistência a Deus. Deus Todo-Poderoso diz: “Vocês desejam conhecer a raiz do motivo pelo qual os fariseus se opunham a Jesus? Desejam conhecer a substância dos fariseus? Eles tinham muitas fantasias sobre o Messias. E mais, eles criam somente que o Messias viria, mas não buscavam a vida-verdade. […] cometera o erro de se agarrar em vão ao nome do Messias enquanto se opunha à substância do Messias através de qualquer meio possível. Esses fariseus eram obstinados, arrogantes em substância e não obedeciam à verdade. O princípio de sua crença em Deus era: não importa quão profunda seja a Sua pregação, não importa quão elevada seja Sua autoridade, Você não é Cristo a menos que seja chamado o Messias. Essas opiniões não são absurdas e ridículas?” (‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus, Deus terá feito novo céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”). “[…] muitos dos que não buscam a realidade se tornam inimigos de Deus encarnado e se tornam anticristos. Esse não é um fato óbvio? No passado, quando Deus ainda não tinha Se tornado carne, você pode ter sido uma figura religiosa ou um crente devoto. Depois que Deus Se tornou carne, muitos crentes devotos tornaram-se inconscientemente o anticristo. Você sabe o que está acontecendo aqui? Na sua crença em Deus, você não se concentra na realidade nem busca a verdade, mas fica obcecado por falsidades — essa não é a fonte mais clara de sua inimizade para com o Deus encarnado? Deus encarnado é chamado de Cristo, então, todos aqueles que não acreditam em Deus encarnado não seriam anticristos?” (‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”). Isso mostra que, na natureza, os fariseus religiosos estão fartos e odeiam a verdade. Eles só creem em suas próprias noções e imaginações. Eles só creem nas teorias teológicas pesquisadas e desenvolvidas por eles mesmos, mas não creem em Cristo encarnado ou nas verdades expressas por Cristo. Eles são todos inimigos de Deus encarnado. Eles são todos anticristos expostos pela obra da encarnação de Deus nos últimos dias. Aqueles que os seguem são iguais a eles, também seguem suas noções e imaginações, bem como conhecimento bíblico e teoria teológica. Eles os seguem resistindo a Cristo, negando e condenando Cristo. recusando-se a aceitar a verdade e tratando Cristo como o inimigo. Os fatos são suficientes pra provar que, em natureza e substância, qualquer um que segue os fariseus também está farto odeia a verdade. O caminho que eles percorrem é o caminho dos fariseus. Eles pertencem à mesma categoria dos fariseus e todos são pessoas que se opõem a Cristo. Esse é um fato que todos podem ver. Já foi revelado pela obra de Deus dos últimos dias.

Na religião, todas as pessoas creem em Deus sob o controle dos fariseus, seguindo-os e ouvindo-os. Como eles, elas apenas estudam a Bíblia e a teologia, prestando atenção apenas no entendimento do conhecimento bíblico e na teoria teológica, e nunca se concentrando em buscar a verdade ou praticar as palavras do Senhor. Como os fariseus, elas só creem num Deus vago no céu, mas não creem em Cristo encarnado dos últimos dias – Deus Todo-Poderoso. Não importa o quanto sejam autoridades e poderosas as verdades expressas por Deus Todo-Poderoso, elas ainda se agarram às suas noções e imaginações, e seguem os pastores e presbíteros resistindo e condenando Deus Todo-Poderoso. Essas pessoas são iguais aos fariseus e seguem o caminho deles que resiste a Deus. Mesmo que essas pessoas não estejam seguindo os fariseus, elas ainda são iguais aos fariseus e também são descendentes dos fariseus, porque sua natureza e essência são as mesmas. Elas são todas incrédulas que só creem em si mesmas, mas não amam a verdade. Elas são anticristos que desprezam a verdade e se opõem a Cristo. Exatamente como Deus Todo-Poderoso revelou: “Muitos na igreja não têm discernimento. Quando algo enganoso ocorre, eles inesperadamente ficam do lado de Satanás; até se ofendem ao serem chamados de lacaios de Satanás. Embora as pessoas possam dizer que eles não têm discernimento, eles sempre ficam do lado sem a verdade, nunca ficam do lado da verdade no momento crítico, nunca se levantam e argumentam em prol da verdade. Eles carecem verdadeiramente de discernimento? Por que eles inesperadamente tomam o lado de Satanás? Por que nunca dizem uma palavra que seja justa e razoável para apoiar a verdade? Essa situação surgiu genuinamente como resultado de sua confusão momentânea? Quanto menos discernimento as pessoas têm, menos são capazes de ficar do lado da verdade. O que isso mostra? Não mostra que as pessoas sem discernimento amam o mal? Não mostra que elas são a cria leal de Satanás? Por que é que elas são sempre capazes de ficar do lado de Satanás e falar a língua dele? Cada palavra e ato delas, as expressões em seu rosto, todos são suficientes para provar que elas não são um tipo de amante da verdade; antes, são pessoas que detestam a verdade” (‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”). Isso não é verdade? Quando as pessoas na religião seguem os pastores e presbíteros, elas não apenas os ouvem, como fazem tudo o que podem pra protegê-los. Assim que ouvem alguém expondo pastores e presbíteros religiosos, essas pessoas se sentem desconfortáveis e saem em defesa dos pastores e presbíteros Qual é o problema aqui? Isso não é suficiente pra provar que essas pessoas só têm os pastores e presbíteros em seus corações, e que não tem lugar pra Deus? No coração dessas pessoas, pastores e presbíteros religiosos são todos mais elevados do que Deus. Que problema isso mostra? Quando o homem resiste a Deus, não há muitos que saem em defesa de Deus. Não há muitos que podem se levantar e dar testemunho de Deus. Mas assim que a essência farisaica dos pastores e presbíteros religiosos é exposta, por que existem tantas pessoas que falam de injustiça no nome deles e saem em sua defesa? Isso é suficiente pra provar que essas pessoas são os descendentes dos fariseus. Elas são as cúmplices e lacaias dos anticristos. Esse é um fato que ninguém pode negar.

Extraído do roteiro do filme Rompendo armadilhas

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Conecte-se conosco no Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo Relacionado