O Próprio Senhor Jesus profetizou que Deus encarnaria nos últimos dias e surgiria como o Filho do homem para operar

Versos da Bíblia para referência:

Estai vós também apercebidos; porque, numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem” (Lucas 12:40).

Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem” (Mateus 24:37).

Porque, assim como o relâmpago sai do oriente e se mostra até o ocidente, assim será também a vinda do Filho do homem” (Mateus 24:27).

Pois, assim como o relâmpago, fuzilando em uma extremidade do céu, ilumina até a outra extremidade, assim será também o Filho do homem no Seu dia. Mas primeiro é necessário que Ele padeça muitas coisas, e que seja rejeitado por esta geração” (Lucas 17:24-25).

Mas à meia-noite ouviu-se um grito: Eis o noivo! saí-lhe ao encontro!” (Mateus 25:6).

Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a Minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele Comigo” (Apocalipse 3:20).

E voltei-me para ver quem falava comigo. E, ao voltar-me, vi sete candeeiros de ouro, e no meio dos candeeiros um semelhante a Filho de homem, vestido de uma roupa talar, e cingido à altura do peito com um cinto de ouro; e a Sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve; e os Seus olhos como chama de fogo; e os Seus pés, semelhantes a latão reluzente que fora refinado numa fornalha; e a Sua voz como a voz de muitas águas. Tinha Ele na Sua destra sete estrelas; e da Sua boca saía uma aguda espada de dois gumes; e o Seu rosto era como o sol, quando resplandece na Sua força” (Apocalipse 1:12-16).

Palavras de Deus relevantes:

Jesus disse que Ele chegaria como Ele partiu, mas você conhece o verdadeiro significado de Suas palavras? Pode ser que Ele tenha falado sobre vocês a esse grupo? Tudo o que você sabe é que Ele chegará como Ele partiu, em uma nuvem, mas você sabe exatamente como o Próprio Deus faz a obra Dele? Se você fosse realmente capaz de ver, como se explicam as palavras que Jesus proferiu? Ele disse: “Quando o Filho do homem vier nos últimos dias, Ele mesmo não saberá, os anjos não saberão, os mensageiros no céu não saberão e toda a humanidade não saberá. Só o Pai saberá, isto é, somente o Espírito saberá”. Mesmo o Próprio Filho do homem não sabe, mas você é capaz de ver e saber? Se você fosse capaz de saber e ver com seus próprios olhos, essas palavras não teriam sido ditas em vão? E o que Jesus disse na época? “Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai. Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. […] Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.” Quando esse dia chegar, o Próprio Filho do homem não saberá. O Filho do homem se refere à carne encarnada de Deus, uma pessoa normal e comum. Nem mesmo o Próprio Filho do homem sabe, então como você pode saber?

Extraído de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

“Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas.” Agora vocês ouviram as palavras do Espírito Santo? As palavras de Deus vieram sobre vocês. Vocês as ouvem? Deus realiza a obra da palavra nos últimos dias, e essas palavras são as do Espírito Santo, pois Deus é o Espírito Santo e também pode Se tornar carne; portanto, as palavras do Espírito Santo, assim como foram ditas no passado, são hoje as palavras do Deus encarnado. Existem muitos homens absurdos que acreditam que as palavras do Espírito Santo devam descer dos céus até o ouvido do homem. Quem pensa assim não conhece a obra de Deus. Em verdade, as declarações do Espírito Santo são as mesmas do Deus tornado carne. O Espírito Santo não pode falar diretamente ao homem, assim como Jeová também não falou diretamente às pessoas, mesmo na Era da Lei. Não seria ainda muito menos provável que Ele fizesse isso na era de hoje? Para Deus fazer declarações a fim de realizar a obra, é preciso que Ele Se torne carne, caso contrário Sua obra não pode cumprir o Seu objetivo.

Extraído de ‘Como o homem que delimitou Deus em suas concepções pode receber as revelações de Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Há milhares de anos, o homem tem desejado poder testemunhar a chegada do Salvador. O homem tem desejado contemplar Jesus, o Salvador, sobre uma nuvem branca, descendo pessoalmente entre aqueles que têm anelado e ansiado por Ele há milhares de anos. O homem tem desejado que o Salvador retorne e seja reunido ao povo, isto é, que Jesus, o Salvador, volte para o povo de quem Ele tem estado separado por milhares de anos. E o homem espera que Ele realize novamente a obra redentora que realizou entre os judeus, seja compassivo e amoroso para com o homem, perdoe os pecados do homem, leve os pecados do homem e até mesmo leve todas as transgressões do homem e o liberte do pecado. Eles desejam que Jesus, o Salvador, seja o mesmo que antes: um Salvador amável, afável e venerável, que jamais se ire contra o homem e que jamais o repreenda. Este Salvador perdoa e leva todos os pecados do homem, e até mesmo morre na cruz pelo homem mais uma vez. Desde que Jesus partiu, os discípulos que O seguiram e todos os santos que foram salvos graças a Seu nome, têm ansiado e aguardado desesperadamente por Ele. Todos aqueles que foram salvos pela graça de Jesus Cristo durante a Era da Graça têm ansiado por esse alegre dia durante os últimos tempos, em que Jesus, o Salvador, chegue em uma nuvem branca e apareça entre os homens. Evidentemente, este também é o desejo coletivo de todos aqueles que aceitam o nome de Jesus, o Salvador, hoje. Em todo o universo, todos aqueles que conhecem a salvação de Jesus, o Salvador, têm desesperadamente ansiado pela súbita chegada de Jesus Cristo, para que se cumpram as palavras Dele quando estava na terra: “Eu virei assim como parti”. O homem crê que, após a crucificação e a ressurreição, Jesus voltou aos céus sobre uma nuvem branca e tomou o Seu lugar à destra do Altíssimo. O homem imagina que, semelhantemente, Jesus descerá novamente sobre uma nuvem branca (essa nuvem se refere à nuvem sobre a qual Jesus voltou para os céus), em meio àqueles que têm desesperadamente ansiado por Ele há milhares de anos, e que Ele terá a imagem e as roupas dos judeus. Depois de aparecer aos homens, Ele lhes concederá alimentos, fará com que água viva jorre do interior deles e habitará entre eles, cheio de graça e amor, vivo e real. E assim por diante. Mas Jesus, o Salvador, não o fez; Ele fez o oposto do que o homem imaginou. Ele não chegou entre aqueles que haviam ansiado por Sua volta e não apareceu sobre a nuvem branca a todos os homens. Ele já chegou, mas o homem não O conhece, e permanece ignorante Dele. O homem simplesmente O está aguardando, sem propósito, inconsciente de que Ele já desceu sobre uma “nuvem branca” (a nuvem que é o Seu Espírito, as Suas palavras, o Seu caráter inteiro e tudo que Ele é), e está agora entre um grupo de vencedores que Ele irá formar durante os últimos dias.

Extraído de ‘O Salvador já voltou sobre uma “nuvem branca”’ em “A Palavra manifesta em carne”

Aqueles que obedecem à verdade e se submetem à obra de Deus virão sob o nome do segundo Deus encarnado — o Todo-Poderoso. Eles serão capazes de aceitar a orientação pessoal de Deus e adquirirão uma verdade superior e maior e receberão a vida humana real. Eles contemplarão a visão que os antepassados jamais viram: “E voltei-me para ver quem falava comigo. E, ao voltar-me, vi sete candeeiros de ouro, e no meio dos candeeiros um semelhante a Filho de homem, vestido de uma roupa talar, e cingido à altura do peito com um cinto de ouro; e a Sua cabeça e cabelos eram brancos como lã branca, como a neve; e os Seus olhos como chama de fogo; e os Seus pés, semelhantes a latão reluzente que fora refinado numa fornalha; e a Sua voz como a voz de muitas águas. Tinha Ele na Sua destra sete estrelas; e da Sua boca saía uma aguda espada de dois gumes; e o Seu rosto era como o sol, quando resplandece na sua força” (Apocalipse 1:12-16). Essa visão é a expressão do completo caráter de Deus, e tal expressão de Seu caráter completo é também a expressão da obra de Deus quando Ele Se torna carne desta vez. Nas torrentes dos castigos e julgamentos, o Filho do homem expressa Seu caráter inerente por meio da profissão de palavras, permitindo a todos aqueles que aceitam Seu castigo e julgamento que vejam o rosto verdadeiro do Filho do homem, rosto este que é uma representação fiel do rosto do Filho do homem visto por João. (Claro, tudo isso será invisível àqueles que não aceitam a obra de Deus na Era do Reino).

Extraído do Prefácio em “A Palavra manifesta em carne”

Eu lhes digo: aqueles que creem em Deus por causa dos sinais são certamente a categoria que sofrerá a destruição. Aqueles que são incapazes de aceitar as palavras de Jesus que voltou à carne são certamente a progênie do inferno, os descendentes do arcanjo, a categoria que será sujeita à destruição eterna. Muitas pessoas podem não se importar com o que digo, mas ainda quero contar a todo assim chamado santo que segue a Jesus que, quando virem Jesus descer dos céus sobre uma nuvem branca com seus próprios olhos, isso será a aparição pública do Sol da justiça. Talvez esses sejam tempos de grande empolgação para você, mas você deve saber que o tempo em que você testemunhar Jesus descendo dos céus é também o tempo em que você descerá ao inferno para ser punido. Esse será o tempo do fim do plano de gestão de Deus e será quando Deus recompensará os bons e punirá os perversos. Pois o juízo de Deus terá terminado antes que o homem veja sinais, quando houver apenas a expressão da verdade. Aqueles que aceitarem a verdade e não buscarem sinais, e assim foram purificados, terão regressado diante do trono de Deus e entrado no abraço do Criador. Somente aqueles que persistirem crendo que “o Jesus que não vem sobre uma nuvem branca é um falso cristo” estarão sujeitos à punição eterna, pois eles somente creem no Jesus que mostra sinais, mas não reconhecem o Jesus que proclama o rigoroso juízo e libera o verdadeiro caminho da vida. E assim, só pode ser que Jesus lide com eles quando Ele voltar abertamente sobre uma nuvem branca. Eles são obstinados demais, confiantes demais em si mesmos, arrogantes demais. Como tais degenerados poderiam ser recompensados por Jesus? A volta de Jesus é uma grande salvação para aqueles que são capazes de aceitar a verdade, mas para aqueles que são incapazes de aceitar a verdade, é um sinal de condenação. Vocês devem escolher sua própria senda e não devem blasfemar contra o Espírito Santo nem rejeitar a verdade. Vocês não devem ser pessoas ignorantes e arrogantes, mas pessoas que obedecem a direção do Espírito Santo e almejam e buscam a verdade; somente assim vocês serão beneficiados.

Extraído de ‘Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus, Deus terá feito novo Céu e nova terra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Conteúdo Relacionado

  • Como a encarnação de Deus para realizar a obra de julgamento encerra a era da crença da humanidade no Deus vago e a era das trevas do império de Satanás?

    O homem reconhece que o Deus que ele buscou no passado é vago e sobrenatural. O que pode alcançar esse efeito não é a liderança direta do Espírito, muito menos os ensinamentos de certo indivíduo, mas o Deus encarnado. Os conceitos do homem são descobertos quando o Deus encarnado realiza Sua obra, porque a normalidade e a realidade do Deus encarnado são a antítese do Deus vago e sobrenatural na imaginação do homem. Os conceitos originais do homem somente podem ser revelados por meio de seus contrastes ao Deus encarnado. Sem a comparação do Deus encarnado, os conceitos do homem não poderiam ser revelados, em outras palavras, sem o contraste da realidade as coisas vagas não poderiam ser reveladas. Ninguém é capaz de usar palavras para fazer essa obra e ninguém é capaz de enunciar essa obra usando palavras.

  • Por que Deus não usa o homem para fazer Sua obra de julgamento nos últimos dias; por que ele deve encarnar e fazer isso Ele Próprio?

    A obra de julgamento é a própria obra de Deus, portanto ela deve ser naturalmente realizada pelo Próprio Deus; não pode ser realizada pelo homem em Seu lugar. Como o julgamento é a conquista da raça humana por meio da verdade, é inquestionável que Deus ainda apareça como imagem encarnada para realizar essa obra entre os homens. Isto é, nos últimos dias, Cristo irá usar a verdade para ensinar os homens do mundo todo e revelar todas as verdades a eles. Essa é a obra de julgamento de Deus.

  • Por que se diz que a humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado?

    Deus Se tornou carne porque o objeto de Sua obra não é o espírito de Satanás, ou qualquer coisa incorpórea, mas o homem, que é da carne e tem sido corrompido por Satanás. Exatamente porque a carne humana tem sido corrompida é que Deus fez do homem carnal o objeto de Sua obra; mais ainda, porque o homem é o objeto de corrupção, Ele fez do homem o único objeto de Sua obra através de todas os estágios da obra de Salvação. O homem é um ser mortal, é feito de carne e sangue e Deus é o único que pode salvar o homem. Dessa forma, Deus deve Se tornar uma carne que possua os mesmos atributos que o homem com o intuito de realizar Sua obra, para que Sua obra possa atingir melhores resultados.

  • Por que é somente experimentando e se submetendo à obra de Deus encarnado que se pode alcançar um conhecimento de Deus?

    Mas depois que Deus tornou-Se carne, Ele falou à humanidade da perspectiva da humanidade; Ele saiu e ultrapassou o escopo do reino espiritual. Ele podia expressar o Seu caráter divino, Sua vontade e Sua atitude, por meio de coisas que os humanos eram capazes de imaginar e coisas que eles viam e encontravam em sua vida, usando métodos que os humanos podiam aceitar, numa linguagem que eles conseguiam entender e um conhecimento que elas eram capazes de captar, para permitir à humanidade compreender e conhecer a Deus, compreender a Sua intenção e as normas que Ele exige, dentro do âmbito da capacidade delas, na medida em que elas eram capazes. Esse foi o método e o princípio da obra de Deus em meio à humanidade.