Em quais aspectos a onipotência e sabedoria de Deus são fundamentalmente reveladas?

Palavras de Deus relevantes:

As palavras de Deus são autoridade, as palavras de Deus são fato, e antes de as palavras serem proferidas de Sua boca, ou seja, quando Ele toma a decisão de fazer alguma coisa, essa coisa já foi realizada.

de ‘O Próprio Deus, o Único I’ em “A Palavra manifesta em carne”

A autoridade e o poder do Criador estavam expressos em cada coisa nova que Ele criou, e Suas palavras e realizações ocorreram simultaneamente, sem a menor discrepância e sem o menor intervalo. A aparição e o nascimento de todas essas coisas novas eram prova da autoridade e poder do Criador: Ele é tão fiel quanto Sua palavra e Sua palavra será sempre realizada, e aquilo que é realizado dura para sempre. Esse fato nunca mudou: assim foi no passado, assim é hoje e assim será por toda a eternidade.

de ‘O Próprio Deus, o Único I’ em “A Palavra manifesta em carne”

Por meio de Suas palavras, o Criador foi capaz não só de ganhar tudo o que havia Se proposto a ganhar, e alcançar tudo o que havia Se proposto a alcançar, mas também de controlar em Suas mãos tudo o que havia criado e governar todas as coisas que havia feito sob Sua autoridade, e, além disso, era tudo sistemático e regular. Todas as coisas também viviam e morriam por meio de Sua palavra e, além disso, por meio de Sua autoridade elas existiam em meio à lei que Ele havia estabelecido, e nenhuma estava isenta!

de ‘O Próprio Deus, o Único I’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando o Senhor Jesus trouxe Lázaro de volta dos mortos, Ele disse apenas uma frase: “Lázaro, vem para fora!” Ele não disse mais nada além disso — o que essas palavras representam? Elas representam que Deus pode realizar qualquer coisa através da fala, incluindo ressuscitar um morto. Quando Deus criou todas as coisas, quando Ele criou o mundo, Ele o fez com palavras — comandos verbais, palavras com autoridade, e assim todas as coisas foram criadas. Foi realizado dessa maneira. Essa única frase falada pelo Senhor Jesus foi exatamente como as palavras ditas por Deus quando Ele criou os céus e a terra e todas as coisas; a frase também continha a autoridade de Deus, a capacidade do Criador. Todas as coisas foram formadas e ficaram firmes devido às palavras saídas da boca de Deus, e da mesma forma, Lázaro saiu do túmulo devido às palavras saídas da boca do Senhor Jesus. Essa era a autoridade de Deus, demonstrada e realizada na Sua carne encarnada. Esse tipo de autoridade e capacidade pertencia ao Criador, e ao Filho do homem em quem o Criador Se realizou. É esse o entendimento ensinado à humanidade por Deus ao trazer Lázaro de volta à vida.

de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III’ em “A Palavra manifesta em carne”

De tudo o que ocorre no universo, não há nada sobre o que Eu não tenha a palavra final. O que existe que não esteja em Minhas mãos? Tudo o que Eu digo, acontece e, dentre os homens, quem é que pode mudar a Minha mente? Poderia ser a aliança que Eu fiz na terra? Nada pode impedir o Meu plano; Eu estou sempre presente em Minhas obras assim como também nos planos da Minha gestão. Que homem pode interferir? Não sou Eu quem faz esses arranjos pessoalmente?

de ‘Capítulo 1’ das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Embora o termo “palavra” seja simples e comum, a palavra da boca do Deus encarnado estremece o universo inteiro; ela transforma o coração, as noções e o velho caráter do homem, e o modo como o mundo inteiro costumava parecer. Através dos tempos, somente o Deus de hoje opera dessa forma e só Ele fala assim e assim vem salvar o homem. Desde então, o homem vive sob a orientação da palavra, pastoreado e suprido pela palavra. Toda a humanidade veio para viver no mundo da palavra, nas maldições e nas bênçãos da palavra de Deus, e há ainda mais seres humanos que vieram para viver sob o julgamento e castigo da palavra. Essas palavras e essa obra são todas para a salvação do homem, para o cumprimento da vontade de Deus e para mudar a aparência original do mundo da velha criação. Deus criou o mundo com a palavra, conduz os homens de todo o universo com a palavra e mais uma vez os conquista e salva com a palavra. Finalmente, Ele usará a palavra para levar o mundo inteiro de outrora ao fim. Só então o plano de gestão está inteiramente completo.

de ‘A Era do Reino é a Era da Palavra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Na obra dos últimos dias, a palavra é mais poderosa que a manifestação de sinais e maravilhas, e a autoridade da palavra supera a dos sinais e maravilhas. A palavra revela todos os caracteres corruptos no coração do homem. Você é incapaz de reconhecê-los por conta própria. Quando eles forem revelados para você por meio da palavra, você os descubrirá naturalmente; você não poderá negá-los e ficará totalmente convencido. Não é essa a autoridade da palavra? Esse é o resultado alcançado pela presente obra da palavra. Portanto, o homem não pode ser totalmente salvo de seus pecados pela cura da doença e expulsão de demônios e não pode ser tornado completo pela manifestação de sinais e maravilhas. A autoridade para curar doenças e expulsar demônios apenas dá graça ao homem, mas a carne do homem ainda pertence a Satanás e o caráter satânico corrupto ainda permanece dentro do homem. Em outras palavras, aquilo que não foi purificado ainda pertence ao pecado e à imundície. Somente após o homem ter sido limpo através da agência da palavra, ele pode ser ganho por Deus e se tornar um homem santificado. Quando os demônios foram expulsos do homem e ele foi redimido, isso significou apenas que ele foi arrancado das mãos de Satanás e devolvido a Deus. No entanto, sem ter sido limpo ou mudado por Deus, e ele continua um homem corrupto. Dentro do homem ainda existe sujeira, oposição e rebeldia; o homem só retornou a Deus através de Sua redenção, mas o homem não tem o menor conhecimento de Deus e ainda resiste e se rebela contra Deus. Antes de o homem ser redimido, muitos dos venenos de Satanás já estavam plantados dentro dele e, depois de milhares de anos de ser corrompido por Satanás, o homem já tem dentro de si uma natureza estabelecida que resiste a Deus. Portanto, quando o homem foi redimido, isso não é nada mais do que um caso de redenção, na qual o homem é comprado por um alto preço, mas a natureza venenosa dentro dele não foi eliminada. O homem que é contaminado assim deve sofrer uma mudança antes de ser digno de servir a Deus. Por meio dessa obra de julgamento e castigo, o homem conhecerá por completo a substância imunda e corrupta dentro de si mesmo, e ele poderá mudar completamente e se tornar limpo. Só assim o homem pode se tornar digno de retornar diante do trono de Deus. Toda a obra feita neste dia é para que o homem possa ser limpo e mudado; através do julgamento e castigo pela palavra, bem como por meio do refinamento, o homem pode remover sua corrupção e ser purificado. […] A glória de Deus que você vê e a autoridade do Próprio Deus que você vê não são meramente vistas por meio da crucificação, por meio da cura da doença e da expulsão de demônios, mas, mais ainda, por meio do julgamento pela Sua palavra. Isso mostra que a autoridade e o poder de Deus não consistem apenas na operação dos sinais, na cura da doença e na expulsão dos demônios, mas o julgamento pela palavra é mais capaz de representar a autoridade de Deus e revelar Sua onipotência.

de ‘O mistério da encarnação (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Vocês devem ver a vontade de Deus e devem ver que a obra de Deus não é tão simples quanto a criação dos céus e da terra e de todas as coisas. Pois a obra de hoje é transformar aqueles que foram corrompidos, que se tornaram extremamente entorpecidos, e purificar os que foram criados e depois trabalhados por Satanás, e não criar Adão ou Eva, muito menos fazer a luz ou produzir todas as espécies de plantas e animais. Sua obra agora é tornar puros todos os que foram corrompidos por Satanás para que possam ser ganhos novamente e transformados em Sua posse e transformados em Sua glória. Tal obra não é tão simples quanto o homem imagina que foram a criação dos céus e da terra e de todas as coisas, nem se assemelha à obra de amaldiçoar Satanás ao poço do abismo como o homem imagina. Ao contrário, trata-se de transformar o homem, de converter o que é negativo em positivo e de levar à Sua posse aquilo que não pertence a Deus. Essa é a história inerente a essa etapa da obra de Deus. Vocês devem compreendê-la e não simplificar demais as questões. A obra de Deus é diferente de qualquer obra corriqueira. Sua maravilha não pode ser concebida pela mente humana, assim como tal mente não consegue alcançar sua sabedoria. Durante este estágio de Sua obra, Deus não está criando todas as coisas, mas também não as está destruindo. Em vez disso, Ele está mudando toda a criação e purificando todas as coisas que foram pervertidas por Satanás. Então, Deus deverá começar a obra de grande magnitude e essa é a significação total da obra de Deus.

de ‘A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Todo o Meu plano de gerenciamento, o plano de gerenciamento de seis mil anos, consiste em três etapas, ou três eras: a Era da Lei do início, a Era da Graça (que também é a Era da Redenção) e a Era do Reino dos últimos dias. Minha obra nessas três eras difere em conteúdo de acordo com a natureza de cada uma, mas em cada estágio essa obra beneficia as necessidades do homem — ou, para ser mais preciso, é feita de acordo com as artimanhas que Satanás emprega na guerra que Eu travo contra ele. O propósito da Minha obra é derrotar Satanás, tornar manifestas Minha sabedoria e onipotência, expor todas as artimanhas de Satanás e, assim, salvar a raça humana inteira, que vive sob o império de Satanás. É mostrar Minha sabedoria e onipotência e revelar a monstruosidade inaceitável de Satanás; mais que isso ainda, é permitir que todos os seres criados discriminem entre o bem e o mal, saibam que sou o Governante de todas as coisas, vejam claramente que Satanás é o inimigo da humanidade, um degenerado, o maligno, e permitir que digam, com absoluta certeza, a diferença entre o bem e o mal, a verdade e a falsidade, a santidade e a impureza, o que é extraordinário e o que é desprezível. Assim, a humanidade ignorante será capaz de testemunhar de Mim, que não sou Eu quem corrompe a humanidade, e somente Eu — o Criador — posso salvar a humanidade, posso conceder às pessoas as coisas de que podem desfrutar; e elas passarão a saber que Eu sou o Governante de todas as coisas e Satanás é simplesmente um dos seres que criei e que mais tarde se voltou contra Mim. O Meu plano de gerenciamento de seis mil anos está dividido em três etapas, e Eu opero assim para alcançar o resultado de capacitar os seres criados a darem testemunho de Mim e compreenderem a Minha vontade e entenderem que Eu sou a verdade.

de ‘A verdadeira história por trás da obra da Era da Redenção’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nenhuma das obras de Deus em meio à humanidade já estava preparada na criação do mundo; ao contrário, foi o desenvolvimento das coisas que permitiram que Deus realizasse a Sua obra passo a passo de maneira mais realista e prática em meio à humanidade. É exatamente como Deus Jeová não criou a serpente para tentar a mulher. Não era Seu plano específico, tampouco era algo que Ele tinha predestinado intencionalmente; pode-se dizer que isso foi inesperado. Foi assim e devido a isso que Jeová expulsou Adão e Eva do Jardim do Éden e prometeu nunca mais criar o homem. Mas a sabedoria de Deus só é descoberta pelas pessoas sobre esse fundamento, assim como o ponto que mencionei anteriormente: “Minha sabedoria é exercida com base nas intrigas de Satanás”. Não importa o quanto a humanidade ficou corrupta nem como a serpente a tentou, Jeová ainda tinha Sua sabedoria; portanto, Ele tem se empenhado em obra nova desde que criou o mundo, e nenhum dos passos dessa obra jamais se repetiu. Satanás tem, continuamente, executado intrigas; a humanidade tem sido corrompida continuamente por Satanás, e Deus Jeová também tem continuamente realizado a Sua sábia obra. Ele jamais falhou, e Ele nunca cessou Sua obra desde a criação do mundo até agora. Depois que a humanidade foi corrompida por Satanás, Ele trabalhou continuamente entre as pessoas para derrotar o Seu inimigo, que corrompe a humanidade. Essa batalha continuará do começo até o fim do mundo. Ao fazer toda essa obra, Ele não apenas permitiu que a humanidade, que tem sido corrompida por Satanás, recebesse a Sua grande salvação, mas também permitiu que ela visse Sua sabedoria, onipotência e autoridade e, no final, Ele permitirá que a humanidade veja Seu justo caráter, punindo os maus e recompensando os bons. Ele tem lutado contra Satanás até hoje e nunca foi derrotado, porque Ele é um Deus sábio, e Sua sabedoria é exercida com base nas intrigas de Satanás. E, assim, Ele não apenas faz que tudo no céu se submeta à Sua autoridade. Ele também faz com que tudo sobre a terra descanse sob o estrado dos Seus pés e, não por último, Ele faz com que aqueles malfeitores, que invadem e perturbam a humanidade, caiam em Seu castigo. Todos os resultados da obra são ocasionados por causa da Sua sabedoria. Ele nunca havia revelado a Sua sabedoria antes da existência da humanidade, porque Ele não tinha inimigos no céu, na terra ou no universo inteiro, e não havia forças das trevas que invadissem qualquer coisa em meio à natureza. Depois que o arcanjo O traiu, Ele criou a humanidade sobre a terra, e foi por causa da humanidade que Ele iniciou formalmente Sua guerra de milênios com Satanás, o arcanjo, uma guerra que se torna mais acirrada a cada estágio sucessivo. Sua onipotência e sabedoria estão presentes em cada um desses estágios. Somente nesse momento tudo no céu e na terra pode ver a sabedoria, a onipotência e, especialmente, a realidade de Deus. Ele ainda realiza Sua obra da mesma maneira realista hoje; além disso, ao realizar a Sua obra, Ele também revela a Sua sabedoria e onipotência; Ele permite que vocês vejam a verdade interior de cada estágio da obra para verem exatamente como explicar a onipotência de Deus e, especialmente, como explicar exatamente a realidade de Deus.

de ‘Você deve saber como toda a humanidade se desenvolveu até hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”

Em Meu plano, Satanás já abocanhou os calcanhares de cada passo e, como o contraste da Minha sabedoria, sempre tentou encontrar maneiras e meios de interromper o Meu plano original. Mas Eu poderia sucumbir a seus esquemas ardilosos? Tudo no céu e na terra Me serve — os esquemas ardilosos de Satanás seriam diferentes? Essa é precisamente a interseção da Minha sabedoria, é precisamente o que há de magnífico em Meus feitos e o princípio pelo qual todo o Meu plano de gerenciamento é realizado. Contudo, durante o tempo da construção do reino, não evito os esquemas ardilosos de Satanás, mas continuo a fazer a obra que devo fazer. Dentre todas as coisas no universo, escolhi os feitos de Satanás como o Meu contraste. Essa não é a Minha sabedoria?

de ‘Capítulo 8’ das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Quando começo formalmente a Minha obra, todos se movem conforme Eu Me movo, de modo que as pessoas em todo o universo se ocupam em harmonia Comigo, há um “júbilo” em todo o universo e o homem é impulsionado adiante por Mim. Como consequência, o próprio grande dragão vermelho é açoitado até um estado de frenesi e perplexidade por Mim, serve à Minha obra, e, apesar de relutar, é incapaz de seguir os próprios desejos, ficando sem outra escolha senão a de se submeter ao Meu controle. Em todos os Meus planos, o grande dragão vermelho é o Meu contraste, o Meu inimigo e também o Meu servo; como tal, nunca relaxei os Meus “requisitos”. Portanto, a etapa final da obra da Minha encarnação é completada em seu lar. Dessa forma, o grande dragão vermelho é mais capaz de fazer serviço adequado para Mim, através do qual Eu irei conquistá-lo e completar o Meu plano.

de ‘Capítulo 29’ das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

A vitória de Deus sobre Satanás é uma tendência inevitável! Satanás realmente falhou há muito tempo. Quando o evangelho começou a se espalhar pela terra do grande dragão vermelho, isto é, quando o Deus encarnado começou a operar e esta obra estava em andamento, Satanás foi totalmente derrotado porque a encarnação tinha o propósito de derrotar Satanás. Satanás viu que Deus havia novamente Se tornado carne e também começado a executar Sua obra, e viu que nenhuma força poderia parar a obra. Portanto, ele ficou perplexo quando viu essa obra e não se atreveu a fazer mais nenhuma obra. A princípio, Satanás pensou que também possuía muita sabedoria e interrompeu e perturbou a obra de Deus; no entanto, ele não esperava que Deus tivesse, novamente, Se tornado carne, e que em Sua obra Deus tivesse usado sua rebeldia para servir como uma revelação e julgamento para a humanidade, e assim, conquistar a humanidade e derrotá-lo. Deus é mais sábio do que ele, e a Sua obra o ultrapassa em muito. Portanto, afirmei anteriormente o seguinte: A obra que Eu faço é realizada em resposta às artimanhas de Satanás. No final, revelarei a Minha onipotência e a impotência de Satanás.

de ‘Você deve saber como toda a humanidade se desenvolveu até hoje’ em “A Palavra manifesta em carne”

Hoje, vocês são levados a ficar frente a frente com o único Deus verdadeiro que os humanos nunca viram desde a criação, e não há de especial a Meu respeito. Eu como, vivo, falo e rio com vocês, e sempre vivo dentro de vocês enquanto, ao mesmo tempo, também Me movimento entre vocês. Para aqueles que não creem ou têm suas graves noções próprias, isso é uma pedra de tropeço. Essa é a Minha sabedoria.

de ‘Capítulo 75’ das declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Eu disse antes: Eu sou um Deus sábio. Uso Minha humanidade normal para revelar todas as pessoas e o comportamento satânico, expor aqueles com intenções erradas, aqueles que agem de um jeito na frente dos outros e de outro jeito pelas suas costas, aqueles que resistem a Mim, aqueles que são desleais Comigo, os que desejam dinheiro, os que não dão atenção ao Meu fardo, os que se envolvem em fraude e desonestidade com seus irmãos e irmãs, os que falam eloquentemente para deixar as pessoas contentes, e os que não conseguem coordenar unanimemente o coração e a mente com seus irmãos e irmãs.

de ‘Capítulo 76’ das declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Todas as nações do mundo se enfrentam por poder e ganhos, lutam por terra, mas não se assustem, todas essas coisas estão a Meu serviço. E por que digo que estão a Meu serviço? Faço coisas sem levantar um dedo. Para julgar Satanás, primeiro faço com que disputem entre si e, no fim, levo-os à ruína e faço com que sejam vítimas dos próprios ardis (eles querem competir Comigo por poder, mas no fim prestam serviço a Mim).

de ‘Capítulo 95’ das declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Eu ajo com sabedoria. Sem uma faca, sem uma arma e sem levantar um dedo, derrotarei completamente os que Me desafiam e envergonham Meu nome. Sou magnânimo, e num ritmo constante continuo Minha obra, mesmo quando Satanás cria tais perturbações; não presto atenção nele e irei derrotá-lo quando completar Meu plano de gestão. Esses são Meu poder e Minha sabedoria, e, além disso, são uma pequena parte de Minha interminável glória.

de ‘Capítulo 91’ das declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

Hoje, Deus voltou ao mundo para realizar a Sua obra. A primeira parada de Deus é a grande assembleia de governantes ditatoriais: a China, o forte bastião do ateísmo. Deus ganhou um grupo de pessoas com Sua sabedoria e Seu poder. Nesse período, Ele está sendo caçado pelo partido governante da China de todas as formas e está sujeito a um grande sofrimento, sem lugar onde descansar a cabeça e incapaz de encontrar refúgio. Apesar disso, Deus ainda continua a obra que pretende realizar: expressa a Sua voz e difunde o evangelho. Ninguém consegue compreender a onipotência de Deus. Na China, um país que O considera um inimigo, Deus nunca cessou a Sua obra. Ao contrário, mais pessoas aceitaram Sua obra e palavra, pois Deus faz tudo que pode para salvar todos e cada um dos membros da humanidade. Acreditamos que nenhum país ou poder consegue impedir o que Deus deseja alcançar. Aqueles que obstruem a obra de Deus, que resistem à palavra de Deus, perturbam e prejudicam o plano de Deus acabarão sendo punidos por Deus. Aquele que desafia a obra de Deus será enviado ao Inferno; qualquer país que desafie a obra de Deus será destruído; qualquer nação que se erguer em oposição à obra de Deus será varrida desta terra e deixará de existir. […]

A obra de Deus é como ondas poderosas que se levantam. Ninguém pode detê-Lo, ninguém pode interromper Seus passos. Só aqueles que ouvem atentamente Suas palavras, os que O procuram e têm sede Dele é que podem seguir Seus passos e receber Sua promessa. Aqueles que não o fazem estarão sujeitos a um desastre esmagador e a uma punição merecida.

de ‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

O reino está se expandindo no meio da humanidade, está se formando no meio da humanidade, está em pé no meio da humanidade; não há força que possa destruir o Meu reino. […] Vocês já aceitaram as bênçãos que lhe foram dadas? Alguma vez vocês já procuraram as promessas que foram feitas para vocês? Vocês certamente irão, sob a orientação da Minha luz, romper a repressão das forças das trevas. Certamente, no meio da escuridão, não vão perder a luz que os guia. Vocês certamente vão ser o mestre de toda criação. Vocês certamente serão vencedores diante de Satanás. Vocês certamente, na queda do reino do grande dragão vermelho, levantar-se-ão no meio das miríades das multidões para dar testemunho da Minha vitória. Vocês certamente serão firmes e inabaláveis na terra de Sinim. Através dos sofrimentos que vocês suportam, vão herdar a bênção que vem de Mim, e certamente irradiarão Minha glória por todo o universo.

de ‘Capítulo 19’ das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Conteúdo Relacionado