Reunido com o Senhor

Por Jianding, EUA

Nasci em uma família católica, e desde cedo minha mãe me ensinou a ler a Bíblia. Isso foi durante o tempo em que o Partido Comunista Chinês estava construindo a nação após a guerra civil, e como o governo do Partido Comunista Chinês estava suprimindo todas as religiões, eu tinha 20 anos antes de, finalmente, ter a chance de ir à igreja e ouvir os sermões. O padre frequentemente nos dizia: “Nós, católicos, devemos confessar nossos pecados e nos arrepender. Devemos fazer o bem, não o mal, e sempre ir à missa. Durante os últimos dias, o Senhor virá, julgará a todos e enviará pessoas para o céu ou para o inferno com base em seu comportamento. Os maiores pecadores sofrerão o castigo eterno no inferno, enquanto aqueles que cometem pecados menores ainda podem ir para o céu, se confessarem seus pecados ao Senhor e se arrependerem. Qualquer um que não acredita no Senhor nunca irá para o céu, não importa quão bom seja”. Quando ouvi isso, alegrei-me por ter tido a sorte de ter nascido na fé católica. Eu dizia a mim mesmo para levar a sério minha busca, ir à missa com mais frequência, confessar mais meus pecados e arrepender-me ao Senhor para poder ir para o céu e não sofrer no inferno. Foi quando desenvolvi a determinação de ir à igreja e participar regularmente da missa. O padre também nos disse, então, que o Senhor voltaria no ano 2000 — todos estávamos exultantes por ouvir isso, e todos nos tornamos muito sinceros em nossa busca, aguardando a volta do Senhor. Mas o ano 2000 veio e passou, e nós não vimos sinal algum da volta do Senhor. Muitos em nossa congregação perderam a fé, e cada vez menos pessoas compareciam à Missa. Eu também senti uma sensação de desapontamento, mas ainda sentia que minha fé no Senhor não seria abalada, não importando o que os outros fizessem. Isso porque houve muitas vezes em que estive em perigo e o Senhor me protegeu, e eu saí em segurança. Se não fosse pela proteção do Senhor, eu teria morrido há muito tempo, então eu não seria tão ingrato a ponto de perder a fé no Senhor.

uma bíblia nacional em cima da mesa

Nos anos seguintes, ouvi pessoas ao meu redor dizendo que os EUA eram “o paraíso na terra”, assim, um forte desejo de vir para cá cresceu em mim. Em dezembro de 2014, toda a minha família imigrou para os EUA, mas a realidade da vida aqui não se parecia em nada com a bela imagem que eu havia pintado em minha mente. A princípio, tudo nos EUA parecia desconhecido — nós éramos estranhos em uma terra estranha. O ambiente e o clima eram muito diferentes do que eu estava acostumado na China, e logo comecei a sofrer alguns problemas físicos. Muitas vezes me sentia fraco e apático, completamente desprovido de energia, mas quando ia consultar os médicos, eles não conseguiam encontrar nada de errado comigo. Eu não sabia mais o que fazer, então comecei a orar ainda mais sinceramente ao Senhor, esperando ganhar Sua proteção. Enquanto continuava com minhas orações, comecei a procurar uma igreja na qual pudesse ir à missa e, eventualmente, encontrei uma para cristãos chineses. Mas, depois de ir à igreja algumas vezes, descobri que não era muito diferente do que acontecia no dia a dia da sociedade: os membros da congregação eram superficialmente amigáveis, mas suas interações eram governadas por poder e dinheiro. Ver essa situação na igreja foi muito decepcionante para mim. Eu pensei comigo mesmo: “Ó Senhor, quando Tu voltarás? Quando Tu voltares, os bons serão separados dos maus e o mundo será purificado”. Embora eu ainda continuasse indo à missa, nunca fui capaz de sentir a presença de Deus na igreja; isso me deixava muitas vezes desapontado e deprimido, e isso afetou minha fé. Mas então, num dia de julho de 2015, quando eu estava trabalhando fora do estado, recebi um telefonema da minha esposa. Ela me disse entusiasmada: “O Senhor voltou. Ele expressou palavras e está fazendo a obra de julgamento dos últimos dias! Volte rápido para que possamos aceitar a nova obra de Deus juntos”. Ao ouvir isso, não pude deixar de me sentir um pouco desconfiado. Eu pensei: O Senhor voltou? Como isso é possível? Quando voltar, o Senhor julgará o mundo e separará o bem do mal. Mas agora o bem e o mal ainda estão misturados, então por que minha esposa está dizendo que o Senhor voltou? Será que ela tem um sistema de crenças diferente agora? Nós temos sido católicos durante a maior parte de nossas vidas, não há como nos desviarmos dessa senda agora! Então terminei meu trabalho o mais rápido que pude e voltei para casa.

Ao retornar, perguntei à minha esposa: “Como você sabe que o Senhor voltou? Você não se desviou do caminho, certo? Você está dizendo que o Senhor voltou para fazer a obra de julgamento, mas agora mesmo o bem e o mal ainda estão misturados, então como poderia o Senhor já ter voltado? Podemos ansiar pela volta do Senhor, mas não podemos ser desleais com Ele!” Ela me ouviu até o fim e depois respondeu com paciência: “Tudo bem, não se preocupe. Eu também apenas acabei de descobrir sobre a volta do Senhor. A Igreja de Deus Todo-Poderoso está agora dando testemunho do retorno do Senhor, e Deus Todo-Poderoso está expressando verdades para fazer a obra de julgamento a começar pela casa de Deus. Não tenho certeza sobre os detalhes, mas tenho lido muito do que Deus Todo-Poderoso expressou on-line e tenho certeza de que é a voz de Deus. O Senhor disse uma vez: ‘As Minhas ovelhas ouvem a Minha voz, e Eu as conheço, e elas Me seguem’ (João 10:27). Podemos descobrir se Deus Todo-Poderoso é o Senhor que retornou indo à Igreja de Deus Todo-Poderoso juntos para investigar, certo?” O que minha esposa disse soou razoável, e o retorno do Senhor para fazer a obra de julgamento está de acordo com as profecias bíblicas, então eu percebi que não havia mal em ir com ela até a igreja para dar uma olhada e então decidir.

Então, minha esposa e eu fomos à casa do irmão Zhang, um dos membros da Igreja de Deus Todo-Poderoso. O irmão Wang, a irmã Li e alguns outros irmãos católicos também foram. Vendo que eu tinha muita companhia, fiquei mais tranquilo. Depois de um bate-papo educado, todos nós nos sentamos, e eu perguntei aos irmãos e irmãs: “Meu entendimento sobre o retorno do Senhor é este: quando Ele voltar para fazer a obra de julgamento, os bons serão separados dos maus, e então as pessoas boas serão aceitas no céu pelo Senhor e se encontrarão com Ele, enquanto os maus serão enviados para o inferno e punidos. Você diz que o Senhor voltou e está fazendo a obra de julgamento, então como é que não vimos nada disso acontecendo?” O irmão Wang respondeu: “Irmão, eu costumava pensar a mesma coisa. Eu também pensava que a volta do Senhor significava que as pessoas boas seriam separadas das más, que as pessoas boas viveriam eternamente no céu e que as más seriam punidas, e que, se não víssemos isso acontecer, isso provaria que o Senhor não tinha voltado. Mas depois de ler as palavras de Deus Todo-Poderoso, percebi que são apenas noções e imaginações nossas — não é a realidade da obra de Deus. A maneira de Deus empreender a obra de julgamento nos últimos dias é algo que só Deus planeja e organiza. A sabedoria de Deus supera os céus e, aos olhos de Deus, os seres humanos são tão pequenos como uma partícula de poeira, então, como podemos entender a obra de Deus? A Bíblia diz: ‘Quem guiou o Espírito de Jeová, ou, como seu conselheiro o ensinou? […] Eis que as nações são consideradas por ele como a gota dum balde, e como o pó miúdo das balanças; eis que ele levanta as ilhas como a uma coisa pequeníssima’ (Isaías 40:13, 15). Cada um de nós tem pensamentos em sua mente, de maneira que podemos especular sobre a obra de Deus como quisermos, mas Deus nunca faz a Sua obra de acordo com o que imaginamos. Se usássemos as nossas imaginações para delimitar a obra de Deus, isso não seria extremamente arrogante? Então, como Deus faz Sua obra de julgamento? Como Ele separa os bons dos maus? Leiamos várias passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso que nos ajudarão a entender. Deus Todo-Poderoso disse: ‘A obra de julgamento é a própria obra de Deus, portanto ela deve ser naturalmente realizada pelo Próprio Deus; não pode ser realizada pelo homem em Seu lugar. Como o julgamento é a conquista da raça humana por meio da verdade, […] Isto é, nos últimos dias, Cristo irá usar a verdade para ensinar os homens do mundo todo e revelar todas as verdades a eles. Essa é a obra de julgamento de Deus’ (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”). ‘Os últimos dias já chegaram. Todas as coisas serão classificadas segundo sua espécie e divididas em categorias diferentes com base em sua natureza. Esse é o momento em que Deus revela o desfecho e o destino das pessoas. Se as pessoas não passarem por castigo e julgamento, não haverá como revelar a desobediência e a injustiça delas. Só através do castigo e do julgamento é que o fim de todas as coisas pode ser revelado. O homem só mostra quem realmente é quando é castigado e julgado. O mal deve ser colocado com o mal, o bom com o bom, e as pessoas serão classificadas de acordo com a sua espécie. Através do castigo e do julgamento, o fim de todas as coisas será revelado, de modo que o mal será punido e o bem será recompensado, e todas as pessoas se tornarão submissas sob o domínio de Deus. Toda a obra deve ser realizada através de castigo e julgamento justos. Como a corrupção humana atingiu o ápice e a desobediência tem sido grave demais, só o caráter justo de Deus, que é principalmente o de castigo e julgamento e revelado durante os últimos dias, pode transformar e completar o homem plenamente. Só esse caráter pode expor o mal e dessa forma punir severamente todos os injustos’ (de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”). ‘O Meu propósito ao fazer a obra da conquista não é apenas conquistar por causa da conquista, mas conquistar para revelar a justiça e a iniquidade, obter prova para a punição do homem, condenar os ímpios e, ainda mais, conquistar tendo em vista o aperfeiçoamento daqueles que obedecem voluntariamente. No final, todos serão separados de acordo com sua espécie, e todos os que são aperfeiçoados terão seus pensamentos e ideias cheios de obediência. Essa é a obra a ser concluída no final. Mas aqueles que estão cheios de caminhos rebeldes serão punidos, enviados para queimar no fogo e se tornarão objeto de maldição eterna’ (de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”). Temos a noção de que a vinda de Deus para fazer a obra de julgamento é para separar diretamente o trigo do joio, as ovelhas dos bodes, os bons servos dos servos maus. Em outras palavras, é para classificar todas as pessoas segundo a sua espécie. Mas se pensarmos nisso, existem atualmente mais de 2 bilhões de cristãos em todo o mundo — e todos eles dizem que têm verdadeira fé em Deus e amam a Deus — então, como podemos discernir o bem do mal, o justo do maligno? Se Deus determinar que você é bom e que eu sou mal, certamente vou ter um problema com isso, porque vou sentir que também sou uma boa pessoa. Se Deus determinar que eu sou bom e que outra pessoa é má, ela terá um problema com isso também. Então, como podemos saber quem é bom e quem é mau? Não podemos, porque nós, humanos, não temos os princípios ou padrões para avaliar isso. Se Deus determinasse as coisas dessa maneira, certamente não nos submeteríamos e teríamos noções sobre isso, acreditando que Deus é parcial e injusto. Então, como poderia proceder a obra de classificar cada um segundo a sua espécie? O Senhor que retornou nos últimos dias, isto é, Cristo dos últimos dias — Deus Todo-Poderoso — usa verdades para realizar a obra de julgamento. Para todos os cristãos, que são o trigo e que são o joio, que são os bodes e que são as ovelhas, que são os bons servos e que são os servos maus, que são as virgens prudentes e as virgens tolas, tudo isso é revelado através da verdade, através das palavras de Deus. As virgens sábias são aquelas que realmente acreditam em Deus e amam a verdade. Quando ouvem que alguém está dando testemunho da vinda de Deus, elas saem para recebê-lo e investigar ativamente as palavras e a obra de Deus. Elas reconhecem a voz de Deus e aceitam Sua obra dos últimos dias, e finalmente obterão purificação e completa salvação por meio do julgamento de Deus. Elas terão a proteção de Deus nos grandes desastres e permanecerão, e, no final, serão levadas para o reino de Deus. Por outro lado, as virgens tolas não amam a verdade, insistem em manter suas próprias noções e imaginações ou acreditar em rumores. Elas não buscam ou investigam a obra de Deus dos últimos dias, e algumas delas até seguem líderes religiosos, resistindo e condenando Deus e recusando a salvação de Deus dos últimos dias. Por todas essas razões, elas serão reveladas como malfeitoras pela obra de Deus dos últimos dias e serão eliminadas. Seu destino será sofrer punições durante os grandes desastres. Podemos ver, com isso, que a obra de Deus de colocar cada um com sua própria espécie durante os últimos dias não é feita de acordo com nossas noções e imaginações. Em vez disso, Deus usa o método de julgamento para fazer a obra de expor as pessoas, e o resultado final é que todos são completamente revelados e classificados de acordo com sua própria espécie, baseado em se aceitam ou resistem à verdade. Não é exatamente essa a sabedoria de Deus, a imparcialidade de Deus, a justiça de Deus?”

Vários cristãos cumprimentam o Senhor e voltam

Depois de ouvir as palavras do Todo-Poderoso e o que o irmão Wang comunicou, lembrei-me do que o padre da nossa igreja dissera sobre “Quando o Senhor vier, os bons serão separados dos maus” e percebi que essa noção é muito vaga, impraticável demais e não corresponde à realidade da obra de Deus. Nós todos vivemos em pecado, continuamos a cometer pecados e confessamos, mas não conseguimos escapar desse ciclo, então, quem são as pessoas verdadeiramente boas? Quando o Senhor retornar, se não tivermos sido purificados dos nossos pecados, poderemos entrar no reino dos céus? Pensar nisso foi como acender uma luz em meu coração, e agradeci ao Senhor por Sua orientação. Eu não tinha ido àquela reunião em vão, porque então entendi que Deus distingue o bem do mal de acordo com o modo como as pessoas se aproximam da verdade. Em outras palavras, as pessoas são boas ou más dependendo se aceitam e obedecem ao julgamento e castigo das palavras de Deus, e isso é a justiça de Deus sendo totalmente manifestada. Através de Suas palavras e de Sua obra, Deus separa o trigo do joio, as ovelhas dos bodes, as virgens prudentes das virgens tolas, os verdadeiros crentes dos falsos crentes e os amantes da verdade dos inimigos da verdade. Deus é tão incrivelmente sábio! No entanto, eu também me lembrei do padre dizendo que, quando o Senhor voltar para julgar as pessoas, Ele fará isso uma a uma, e os pecados de cada indivíduo também serão listados e julgados um a um antes que Ele decida se essa pessoa irá para o céu ou para o inferno. Mas agora Deus Todo-Poderoso está dizendo que a obra de julgamento de Deus dos últimos dias está sendo feita por meio de Suas palavras, então, como essas palavras estão sendo usadas para julgar as pessoas?

Então levantei essa questão, e o irmão Zhang respondeu lendo duas passagens das palavras de Deus Todo-Poderoso para mim: “Alguns acreditam que Deus pode, daqui a algum tempo, vir à terra e aparecer ao homem, quando julgará pessoalmente toda a humanidade, provando-os, um a um sem omitir ninguém. Aqueles que assim pensam não conhecem esse estágio da obra da encarnação. Deus não julga o homem e não o prova um a um; fazer isso não seria a obra do julgamento. A corrupção de toda humanidade não é a mesma? A substância do homem não é toda a mesma? O que é julgado é a substância corrupta da humanidade, a substância do homem corrompida por Satanás e todos os pecados do homem. Deus não julga as faltas sem valor e insignificantes do homem. […] mas julga os ímpios de toda humanidade — a oposição do homem a Deus, por exemplo, ou a irreverência do homem contra Ele, ou a perturbação da obra de Deus, e assim por diante. O que é julgado é a substância de oposição da humanidade a Deus e essa obra é a obra de conquista dos últimos dias” (de ‘A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda no longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

O irmão Zhang me comunicou o seguinte: “Nós temos a noção de que, durante a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, Ele chamará cada pessoa para vir diante de Seu trono branco, a fim de julgá-la. Cada uma terá que se ajoelhar no chão e confessar cada um dos pecados que cometeu durante toda a sua vida e, então, Deus decidirá se ela irá para o céu ou para o inferno, dependendo da gravidade de seus pecados. Achamos que Deus julga as pessoas de acordo com pecados, tais como abusar física ou verbalmente das pessoas, não ser afetuoso com seus pais, roubar ou furtar de outros. Mas, na verdade, a obra de julgamento de Deus nos últimos dias não se preocupa com esses comportamentos externos ou falhas de nossa parte, mas visa a julgar a natureza satânica da humanidade de resistir a Deus e cada um de nossos caracteres corruptos. Isso inclui nossa arrogância e presunção, nossa desonestidade e astúcia, nosso egoísmo e baixeza, nossa ganância e maldade e assim por diante. Também temos muitos pontos de vista que não são compatíveis com Deus, muitas noções religiosas ultrapassadas e ideias feudais. Todas essas coisas são fontes da nossa resistência a Deus, são problemas que são compartilhados por toda a humanidade corrupta, e, assim, são as coisas que a obra de julgamento de Deus visa a purificar e transformar. Assim, as palavras que Deus expressa revelam a natureza e a essência da humanidade, e todo membro corrupto da humanidade na terra é uma parte disso, sem exceção. Ou, em outras palavras, as palavras de Deus são dirigidas a toda a humanidade e, portanto, não há necessidade de julgar as pessoas individualmente. Ao ler as palavras de Deus Todo-Poderoso e aceitar o julgamento e castigo das palavras de Deus, podemos entender muitas verdades e ver claramente a essência, a natureza e a verdade de nosso ser corrompido por Satanás. Fazer isso também nos permitirá reconhecer o caráter justo de Deus e desenvolver um coração de reverência a Deus, e podemos começar a nos desprezar para que possamos estar dispostos a trair nossa carne e a praticar a verdade. Desse modo, nosso caráter satânico corrupto será gradualmente purificado, e nossos pontos de vista e perspectivas sobre a vida também mudarão. Quando começamos a viver de acordo com as palavras de Deus, quando paramos de nos opor e resistir a Deus e, em vez disso, começamos a verdadeiramente obedecê-Lo e reverenciá-Lo, evitando o mal, ganharemos a salvação de Deus e nos tornaremos pessoas compatíveis com a vontade de Deus. Essa é a realidade e o propósito de Deus ao expressar as verdades para fazer a obra de julgamento durante os últimos dias”.

Ouvir a comunicação do irmão Zhang me deixou com uma noção de quão prática e realista é a obra de julgamento de Deus! Eu pude aceitar o que ele disse — isso ecoou em mim, no fundo do meu coração. Sim, as pessoas são arrogantes, buscam fama, fortuna e status e vivem atoladas em seus vários caracteres corruptos. Deus usa o julgamento de Suas palavras para nos livrar de toda sujeira e corrupção dentro de nós. Nossa natureza de resistir a Deus pode, assim, ser resolvida, e nosso caráter corrupto, transformado, e então podemos nos tornar pessoas verdadeiramente boas. Olhando dessa maneira, pude ver que, quando o padre falou que as pessoas seriam julgadas uma por uma e que cada um dos seus pecados seria julgado quando o Senhor voltasse para julgar a humanidade, isso nada mais é do que noções e imaginações humanas. Não tem nada a ver com o modo como Deus realmente faz a Sua obra. As palavras de Deus Todo-Poderoso realmente contêm verdades; elas realmente são a voz de Deus! Decidi, então, examinar cuidadosamente a obra de Deus Todo-Poderoso.

Enquanto eu estava investigando disso, assisti a vários filmes gospel produzidos pela Igreja de Deus Todo-Poderoso, incluindo Os dias de Noé voltaram, O mistério da divindade, e Peguei o último trem, bem como alguns vídeos de hinos da palavra de Deus, como Quão importante é o amor de Deus pelo homem. Também li muitas palavras de Deus Todo-Poderoso e ouvi irmãos e irmãs comunicando vários aspectos da verdade. Isso me ajudou a constatar que Deus Todo-Poderoso é, de fato, o Senhor Jesus retornado! Deus Todo-Poderoso é o único Deus verdadeiro e é o Senhor retornado que temos esperado! Alegremente, eu aceitei a obra de Deus Todo Poderoso dos últimos dias.

Desde que acredito em Deus Todo-Poderoso, tenho frequentemente me reunido com outros irmãos e irmãs ou escutado sermões com eles. Todos os dias são cheios de alegria para mim, e sinto que estou obtendo sustento espiritual. Estou desfrutando do conforto que vem da obra do Espírito Santo e estou começando a entender mais e mais verdades. Na Igreja de Deus Todo-Poderoso, todos os irmãos e irmãs são muito calorosos e honestos uns com os outros, e ninguém tenta enganar ninguém ou fica na defensiva. Todos são simples, abertos e sinceros, e, mesmo quando revelam suas disposições corruptas, cada um deles é capaz de se conhecer por meio das palavras de Deus e buscar a verdade para resolver seus caracteres corruptos. Eu sinto que esse é o único tipo de verdadeira fraternidade e irmandade em Cristo. Estou particularmente impressionado com os vídeos de hinos, de música, de dança e canções e filmes gospel produzidos pela Igreja de Deus Todo-Poderoso, que mantêm a verdade em alta e testemunham sobre Deus e a Sua obra dos últimos dias. Isso tudo é para que as pessoas possam se submeter e adorar a Deus, e a igreja realmente se parece com um lugar no qual Deus faz a Sua obra! Ter visto, ouvido e experimentado tudo isso é uma prova em meu coração de que a Igreja de Deus Todo-Poderoso é uma verdadeira igreja onde Deus pessoalmente alimenta e pastoreia Seu rebanho. O fato de eu ter conseguido entrar na casa de Deus e viver uma vida face a face com Deus significa ser excepcionalmente exaltado por Deus. Eu realmente sou muito privilegiado! Obrigado, Deus Todo-Poderoso!

Conteúdo Relacionado