O reino dos céus realmente está na terra

Por Chen Bo, China

Nota dos editores: Muitos irmãos e irmãs anseiam pelo dia em que poderão ser elevados aos céus e encontrar o Senhor. Este é o maior sonho de todos que creem no Senhor. Mas está profetizado em Apocalipse: “O tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, […]” Esta passagem das Escrituras diz que o reino de Deus virá sobre a terra, então, no futuro, nós iremos para o céu ou nos reuniremos com o Senhor na terra? Acreditamos que todos vocês gostariam de saber a resposta a esta pergunta. Hoje, recomendamos a leitura das experiências de uma irmã, e acreditamos que, quando terminarem de ler, terão a resposta.

O maior desejo que nós crentes temos é o de sermos capazes de entrar no reino dos céus e desfrutarmos da felicidade eterna que o Senhor concede ao homem. Cada vez que eu ouvia um pastor pregar que o lugar que o Senhor irá preparar para nós no futuro está no céu e que nele haverá campos de ouro e paredes de jade, pedras preciosas reluzirão em toda parte, e que poderemos comer o fruto da árvore da vida e beber a água do rio da vida, que não haverá mais dor, lágrimas nem tristeza, e que todos serão livres e libertos, eu ficava extremamente emocionada e feliz. Eu ansiava muito por esse lugar, e minha vida de labuta e tristeza na terra de fato fazia eu me sentir muito cansada. Então, eu corria para lá e para cá e me e me despendia com entusiasmo pelo Senhor; pregava o evangelho, ajudava igrejas a se estabelecerem e nunca parava, não importando o quão doloroso ou difícil fosse o trabalho. Especialmente agora que estamos nos últimos dias e o Senhor voltaria em breve e nos levaria a todos de volta ao lar celestial, trabalhei e me despendi de maneira ainda mais ativa.

Um dia, fui à casa da minha irmã para ver nossa mãe. Antes de eu sair de lá, minha irmã me deu um livro, insistindo para que eu o lesse com cuidado. Pensei comigo mesma: “Este livro é com certeza uma obra espiritual. Meu espírito está muito seco hoje em dia, não parece que o Senhor está comigo e não me sinto iluminada ao ler a Bíblia. Quando eu voltar para casa, vou ler este livro com cuidado. Talvez ele possa me dar algo”. Depois de chegar em casa, abri o livro e comecei a lê-lo, e antes que percebesse, fui sugada pelas palavras do livro. Quanto mais eu lia, mais gostava e sentia que havia luz nessas palavras, que elas eram iluminadas pelo Espírito Santo, que não havia como elas serem ditas por uma pessoa normal. Desde que li o livro, passei a entender algumas verdades que não entendia antes ao ler a Bíblia, e em minha mente passei a sentir clareza e alegria. Estou disposta a orar para me aproximar do Senhor e minha fé aumentou. Minha condição espiritual melhorou muito. Eu pensei: “Somente a obra do Espírito Santo pode prover o homem com fé e força, e prover e nutrir o espírito do homem. As palavras neste livro certamente vêm Dele. Como resultado disso, a primeira coisa que faço todas as manhãs quando acordo é ler este livro”.

Um dia, abri o livro e li a seguinte passagem: “Deus entrar no descanso significa que Ele não vai mais executar a Sua obra de salvação da humanidade. A humanidade entrar no descanso significa que todos os homens vão viver na luz de Deus e sob Suas bênçãos; não haverá nenhuma corrupção satânica nem quaisquer injustiças vão acontecer. A humanidade viverá normalmente sobre a terra e sob o cuidado de Deus” (de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”). Parei aí. Meu coração deu um pulo e pensei: “No futuro, o homem vai viver na terra? O Senhor Jesus não prometeu que no futuro viveríamos nos céus? Por que essas palavras estão dizendo que estaremos na terra? Como isso pode ser possível? Estou interpretando isso mal? Por isso reli a passagem cuidadosamente, e as palavras realmente diziam que no futuro o homem vai viver na terra. Então, o que isso significa? Isso não fazia sentido. Eu tinha que entender o que isso realmente significava. Por isso continuei lendo: “Deus tem o destino de Deus e o homem tem o destino do homem. Mesmo descansando, Deus continuará a guiar toda a humanidade em sua vida na terra. Estando na luz de Deus, o homem adorará o único Deus verdadeiro no céu. […] Quando a humanidade entra no descanso, significa que o homem se tornou uma criação verdadeira; a humanidade vai adorar Deus a partir da terra e terá uma vida humana normal. As pessoas não vão mais desobedecer nem resistir a Deus; elas vão retornar à vida original de Adão e Eva” (de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”). Quanto mais eu lia, mais me sentia confusa: “O homem vai adorar a Deus na terra? Como isso vai ser? A Bíblia não diz que isso acontecerá nos céus? Como pode ser na terra?” Peguei minha Bíblia e a abri em João 14:2-3, e li a passagem onde o Senhor Jesus Cristo diz: “Na casa de meu Pai há muitas moradas; se não fosse assim, eu vo-lo teria dito; vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também”. O Senhor Jesus diz que Sua ressurreição e ascensão aos céus foram para preparar um lugar para nós, e assim, nosso destino deveria estar nos céus. Esta é a promessa do Senhor Jesus! Pensei: “O que este livro está dizendo é diferente do que o Senhor Jesus diz, então não posso continuar lendo”. Depois de fechar o livro eu estava em um estado mental muito confuso, pois não sabia o que era certo. Assim, orei ao Senhor com persistência: “Ah, Senhor, por favor, guia-me. O que devo fazer? Devo ler este livro ou não? Ah, Senhor, por favor, ilumina-me, orienta-me…” Logo após orar, pensei em como, depois de ler este livro, senti-me mais próxima no meu relacionamento com o Senhor Jesus, mais entusiasmada com minha fé Nele e que meu espírito estava sendo nutrido. Se eu largasse este livro e parasse de lê-lo, voltaria à minha condição anterior, em que meu espírito se sentia seco. Uma vez que este livro fez muito por mim, uma vez que eu pude ter certeza de que veio do Espírito Santo e que não poderia estar enganado, pois vinha do Espírito Santo, mesmo que estas palavras não estivessem de acordo com minhas concepções, eu não deveria renunciá-las por esse motivo e não lê-las. Enquanto pensava sobre isso, resolvi que deveria continuar lendo antes de decidir.

Então peguei o livro novamente e continuei lendo: “O local de descanso do homem é na terra e o local de descanso de Deus é no céu. Enquanto descansa, o homem vai adorar a Deus e viver na terra; enquanto descansa, Deus vai liderar a parte restante da humanidade; Ele vai conduzir os homens a partir do céu, não da terra. […]” (de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”). Continuei refletindo sobre isso. Esta passagem diz que o lugar de descanso de Deus está nos céus, e que enquanto o homem descansa, ele vai adorar a Deus na terra. Será que o lugar de descanso do homem está realmente na terra como estas palavras estão dizendo? Isso é impossível! O Senhor Jesus já disse que estaremos onde Ele estiver. Ele ressuscitou e subiu aos céus, e assim, certamente também ascenderemos aos céus! Pensei nos meus anos anteriores, em como eu havia percorrido tantos caminhos para o Senhor e em como havia suportado tanto sofrimento. Não era assim que eu subiria aos céus e não mais suportaria o sofrimento na terra? Se for realmente como este livro está dizendo, que no futuro o homem ainda viverá na terra, então minhas esperanças não vão dar em nada? Fiquei paralisada na minha cama. Senti-me fraca da cabeça aos pés. Quanto mais eu pensava nisso, menos conseguia me acalmar. Assim, para descobrir isso, corri para a casa da minha irmã.

Quando cheguei à casa da minha irmã, conheci uma mulher de meia-idade que minha irmã me apresentou como sendo a irmã Li. Logo lhes contei meus pensamentos após ter lido este livro. Depois de me ouvir, a irmã Li comungou comigo, dizendo: “Irmã, todos nós que cremos no Senhor Jesus pensamos que Ele prometeu preparar um lugar para o homem e que, onde quer que Ele esteja, nos pedirá para ir até lá. O Senhor Jesus subiu aos céus, então, no futuro, quando Ele retornar, certamente nos receberá nos céus para vivermos junto Dele. Mas alguém de nós pensou se esse tipo de imaginação e raciocínio é sustentável? Se fosse assim como imaginamos, que o Senhor Jesus viria e nos levaria para viver nos céus, então as palavras do Pai Nosso: ‘venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu’ (Mateus 6:10), e a profecia da Revelação: ‘Eis que o tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e Deus mesmo estará com eles, e será o seu Deus’ (Apocalipse 21:3), não seriam inválidas? Como essas coisas podem acontecer como o previsto? Se o destino final que Deus nos dá estava nos céus, então, quando Ele criou o homem, qual era o significado de Ele nos fazer viver na terra?” Eu não estava nem um pouco convencida, portanto retruquei: “Mesmo que esses textos sagrados digam essas coisas, o Próprio Senhor disse: ‘vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também’ (João 14:2-3). Depois que o Senhor Jesus ressuscitou, Ele subiu aos céus e aqui está dizendo que irá preparar um lugar para nós. Diz que onde Ele estiver, nós também estaremos. Isso prova que Deus nos prometeu que subiremos aos céus para obtermos a vida eterna e não que obteremos a vida eterna na terra. Isso é algo que ninguém pode negar!” A irmã Li continuou a falar pacientemente: “Irmã, é verdade que o Senhor Jesus está preparando um lugar para os que creem Nele, mas esse lugar é na terra ou nos céus? Ele não diz isso com essas palavras, então, no que estamos nos baseando quando dizemos que o lugar que Ele está preparando para nós está nos céus? Esta é realmente a promessa Dele, ou é nossa própria concepção e imaginação? Para os que creem em Deus, todas as coisas devem basear-se na palavra do Senhor; não devemos misturar nossas próprias concepções e imaginação com a palavra Dele, por isso dizemos que este é o significado do Senhor Jesus. Não estamos confiando em nossas próprias ideias para explicarmos a palavra do Senhor? Não estamos distorcendo a palavra Dele? Assim, não podemos confiar na nossa imaginação e em nossos próprios pensamentos e preferências para explicarmos a palavra do Senhor. Se for assim, vamos cometer um erro. Em Gênesis 2:7-8 está escrito: ‘E formou Jeová Deus o homem do pó da terra, e soprou-lhe nas narinas o fôlego da vida; e o homem tornou-se alma vivente. Então plantou Jeová Deus um jardim, da banda do oriente, no Éden; e pôs ali o homem que tinha formado’. É claro que no princípio Deus criou o homem na terra, e antes de Ele criar o homem, primeiro criou todas as coisas para preparar um bom ambiente para o homem existir. Assim, podemos ver que Deus quer que moremos na terra. Além disso, no Pai Nosso, o Senhor nos faz rezar a Ele para que o Seu reino venha à terra. É profetizado no Livro do Apocalipse: ‘O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos’ (Apocalipse 11:15). ‘O tabernáculo de Deus está com os homens, pois com eles habitará’ (Apocalipse 21:3). Por essas linhas das Escrituras e da profecia, podemos ver que o lugar que Deus está preparando para nós está na terra, e que nosso destino final no futuro está aqui e não nos céus…” A comunhão da irmã Li foi de encontro às minhas concepções. Simplesmente não escutei o que ela disse. Levantei-me e disse-lhe, com raiva: “Pare de falar! Ao longo dos anos, tenho corrido, despendido tempo e sofrido pelo Senhor Jesus para que eu possa ascender aos céus! O tempo todo tenho esperado ansiosamente que o Senhor me leve de volta ao lar celestial, para que eu não sofra mais na terra. Você diz que o nosso destino final é na terra. Não posso aceitar isso”. Depois de dizer isso, virei-me para sair. Minha irmã caçula correu para tentar falar comigo: “Irmãzinha, como você pode ser tão teimosa? Esse ponto de vista que você defende está correto? O Senhor Jesus diz ‘vou preparar-vos lugar’, você não conhece o verdadeiro significado dessas palavras e está mantendo seus próprios pensamentos. Isso não é tolice? Esse não é o tipo de atitude que as pessoas que buscam a verdade deveriam ter! O Senhor Jesus Cristo que esperamos já retornou, pois Deus Todo-Poderoso é o Senhor Jesus Cristo que retornou! O livro que eu dei para você ler é a declaração pessoal e as palavras de Deus! O Senhor Jesus que temos esperado vir para nos levar todos os dias já retornou. Devemos ouvir com atenção. Não devemos desperdiçar de jeito nenhum esta oportunidade extremamente rara!”

Fiquei espantada ao ouvir minha irmã dizer essas palavras. Não conseguia acreditar no que tinha acabado de ouvir: O Senhor Jesus já retornou? Isso é verdade? Então minha irmã disse: “Não foi você que disse antes que as palavras deste livro vêm do Espírito Santo? Quando você o leu, sentiu que tinha recebido muito, que tinha a obra do Espírito Santo e seu relacionamento com o Senhor se aprofundou. Agora pense sobre isso: além da palavra do Senhor, quem mais fala de uma maneira que alcança esse tipo de efeito? Agora que o Senhor retornou para realizar a obra e expressar novas palavras, podemos desfrutar da doçura das palavras de Deus. Se não buscarmos e examinarmos, se apenas nos apegarmos cegamente às nossas próprias concepções e imaginação, e nos apegarmos ao significado literal da Bíblia, sem nos desapegarmos, vamos nos arruinar. Em seu tempo, os fariseus que eram versados na Bíblia apegavam-se às palavras na Bíblia cegamente, não tentavam de forma alguma questionar se o seu próprio entendimento da Bíblia estava correto, ou se estava ou não de acordo com a vontade de Deus. Ao contrário, eles achavam que o homem que não era chamado de Messias não era o Salvador que viria, não examinaram se o caminho do Senhor Jesus Cristo poderia ou não suprir a vida do homem, ou se poderia mostrar ao homem uma senda a praticar. Eles apenas se apegavam teimosamente às suas concepções e ideias e cegamente recusavam a salvação do Senhor Jesus Cristo, acabando por cometer o crime hediondo de crucificarem o Senhor Jesus. Não podemos seguir os passos dos fariseus e seguir sua senda de resistir a Deus!” Depois de ouvir as palavras da minha irmã, pensei comigo mesma: “O que minha irmã está dizendo é razoável”. A palavra do Senhor é a única solução quando o espírito de um homem está seco. Lembrei-me de como, desde que comecei a ler as palavras deste livro, a condição do meu espírito melhorou cada vez mais, como ele me deu fé em Deus e como me fez sentir que Ele está comigo. Até senti que já entendia algumas verdades. Será que as palavras deste livro realmente eram as declarações do Senhor Jesus que retornou? O retorno do Senhor é muito importante. É melhor que eu não recuse e julgue cegamente, devo fazer um esforço para examinar e buscar, não posso ser como os fariseus que não buscaram a verdade, que se apegaram às suas ideias em resistência a Deus! Neste momento me senti ao mesmo tempo agradavelmente surpresa e assustada. Agradavelmente surpresa porque cria no Senhor Jesus e esperava que Ele voltasse para me aceitar no reino dos céus, onde eu poderia viver uma vida livre de preocupações, não precisando mais enfrentar as dificuldades da terra, e hoje ouvi a notícia do retorno do Senhor. Esta é verdadeiramente uma ocasião importantíssima e jubilosa. Eu estava com medo, porque se Deus Todo-Poderoso é o Senhor que retornou, então meu sonho de esperar que Ele me aceitasse no reino dos céus se despedaçaria… Intimamente, senti todos os tipos de emoções misturadas, não sabia como me sentir. Eu me senti impotente. Eu só pude me dirigir ao Senhor em oração: “Ó Senhor! Todos os dias tenho esperado que Tu venhas para me levar ao Teu lar celestial, mas estão dizendo que o lugar que Tu preparastes para o meu destino final está aqui na terra. Eu realmente sou incapaz de confrontar esse fato. Não quero experimentar esses tipos de dificuldades na terra. Ah, Senhor! Estou sofrendo agora, por favor, ajuda-me e guia-me no caminho a ser seguido daqui por diante”. Depois de orar, pensei nas palavras do Senhor Jesus Cristo, em que Ele diz: “Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus” (Mateus 5:3). É verdade! O Senhor gosta e só permite que os que são pobres em espírito e que buscam a verdade entrem no reino dos céus. Eu deveria ser alguém que é pobre em espírito. Somente ouvindo atentamente a comunhão delas eu me conformarei com a vontade do Senhor.

Neste momento, a irmã Li disse: “O Senhor disse: ‘Bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus’ (Mateus 5:8). Devemos ouvir a palavra do Senhor Jesus e agir como pessoas de coração puro ao recebermos o Seu retorno. Embora a obra que Deus realiza hoje não esteja de acordo com nossas concepções e nossa imaginação, ainda assim tudo o que Ele faz é bom, pois é tudo para o homem, e entre tudo isso está a vontade Dele, onde a verdade pode ser buscada. Se não a entendermos bem, devemos primeiro nos afastar e nos esforçar para buscarmos a verdade, para que possamos receber a iluminação de Deus e entendermos a vontade Dele. Irmã, abra seu coração e fale sobre as coisas que você ainda não entende, e podemos buscar juntas através da comunhão”. Senti que o que a irmã Li estava dizendo fazia sentido, eu devia me acalmar e buscar, por isso respondi: “Irmã, há uma coisa que não entendo. Por que é que nosso destino final não está nos céus, mas sim aqui na terra?” A irmã Li abriu a Bíblia em João 3:13 “Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu”, e Isaías 66:1 “O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés”, e me pediu para ler estas duas passagens. Depois ela comungou comigo sobre o significado delas. Através dessa comunhão da irmã, senti que minha mente de repente se esclareceu. Eu também conhecia essas passagens bíblicas, então, porque é que nunca meditei nelas antes? O Senhor Jesus claramente diz que, exceto pelo Filho do homem, que desceu dos céus, nenhum homem pode ascender aos céus, pois os céus são o trono de Deus e a terra é o banquinho dos pés de Deus, então como o homem pode merecer subir aos céus? Deus criou o homem na terra e o fez viver nela. Desde o dia em que Deus criou o homem, ele tem habitado a terra, geração após geração, aumentando gradualmente em número. Toda obra que Deus realizou para salvar o homem também tem estado na terra. Isso é algo que Deus predestinou há muito tempo. É algo que nenhum homem pode mudar. Então, a irmã comunicou sobre a Bíblia, sobre como o Senhor disse que Ele prepararia um lugar para nós. Ela explicou que isso significava a aparição e a obra de Deus encarnado na terra nos últimos dias e que Ele tinha predestinado que nós nasceríamos nos últimos dias, que ouviríamos a voz de Deus, seríamos levados para diante do trono de Deus, aceitaríamos o julgamento e a purificação de Deus dos últimos dias e, finalmente, seríamos levados para o reino de Deus. Esse é o verdadeiro significado das palavras: “onde Eu estiver estejais vós também” (João 14:3). Parece que o reino de Deus realmente já está na terra e que o destino final da humanidade está na terra e não no céu! Todo esse tempo em que vivi dentro de minhas próprias concepções e imaginação, delimitei que Deus retornaria para me levar para viver nos céus, mas isso não está de acordo com a vontade do Senhor, não está de acordo com os fatos! No entanto, eu ainda não estava disposta a viver este tipo de vida na terra onde eu era afligida por Satanás. Assim, pouco depois, expliquei o que eu pensava para a irmã Li.

Depois de me ouvir, a irmã Li abriu o livro “A Palavra manifesta na carne” e leu para mim uma passagem da palavra de Deus Todo-Poderoso: “A vida em descanso é aquela sem guerra, sem depravação, sem persistir na injustiça. Significa dizer que é desprovida do assédio de Satanás (aqui ‘Satanás’ refere-se a forças hostis), da corrupção de Satanás, bem como da invasão de qualquer força oposta a Deus. Tudo segue a própria espécie e adora o Senhor da criação. Céu e terra permanecem inteiramente tranquilos. Essa é a vida em descanso da humanidade. […] Depois que Deus e o homem entrarem no descanso, Satanás não existirá mais; como Satanás, as pessoas más também não existirão mais. Antes que Deus e o homem entrem no descanso, aqueles indivíduos perversos que uma vez perseguiram a Deus na terra e os inimigos terrenos que Lhe foram desobedientes já terão sido destruídos; eles terão sido destruídos pelos grandes desastres dos últimos dias. Depois que esses indivíduos perversos forem completamente destruídos, a terra nunca mais conhecerá o assédio de Satanás. A humanidade obterá a salvação completa e só então a obra de Deus terminará totalmente. Esses são os pré-requisitos para que Deus e o homem entrem no descanso” (de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Pela leitura das palavras de Deus Todo-Poderoso passei a entender que, embora no futuro nossa vida ainda esteja na terra, assim que Deus terminar sua etapa final da obra para salvar a humanidade, Satanás será destruído e nossa vida na terra nunca mais será assediada por ele, nem nos preocuparemos ou trabalharemos, nem derramaremos lágrimas e nem suspiraremos. Será exatamente como na época em que Adão e Eva viveram no Jardim do Éden. Seremos livres para adorar a Deus, vivendo uma vida bela e abençoada onde Ele está com o homem. Este é o destino final da humanidade, e esta é a última coisa que Deus realizará em Sua obra nos últimos dias. Isso é realmente ótimo! Naquele exato momento, dei um suspiro: “Quem poderia falar de maneira tão clara sobre o destino final da humanidade? Quem poderia arranjar o fim da humanidade? Só Deus poderia fazer isso!” Na palavra de Deus Todo-Poderoso reconheci a voz Dele e vi que a obra de Deus Todo-Poderoso é Ele surgindo para realizar a obra! Finalmente me livrei das concepções que tinha em minha mente, e aceitei com alegria a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, retornando diante do trono de Deus. Toda a glória seja dada a Deus Todo-Poderoso!

Conteúdo Relacionado