A estrada para a purificação (parte 2)

Por Christopher, Filipinas

Ouvindo a comunhão delas, minha esposa e eu entendemos que “ser salvo”, como dito na epístola dos Romanos, referia-se à aceitação da salvação do Senhor Jesus e a não ser mais condenado à morte por infringir a lei. Não era como havíamos imaginado: que “ser salvo” significava estar completamente purificado. O que eles disseram fazia sentido. Explicar “ser salvo” dessa maneira estava de acordo com nossa situação de viver em pecado e confessá-los. Então, o Senhor Jesus realizou apenas a obra de redenção, não a obra de purificação e salvação completa da humanidade. Embora as pessoas creiam no Senhor e sejam salvas, isso não significa que elas estejam totalmente purificadas. Ouvindo a comunhão delas, senti que a verdade estava presente nela, por isso expressei minha vontade de ouvir ainda mais. Eu disse: “Graças ao Senhor! Vocês falam muito bem. Nessa conversa, entendemos o verdadeiro significado de “ser salvo”. Por favor, continuem com a comunhão. Que o Senhor nos guie”. A irmã Su continuou: “Tudo bem, vamos ler algumas passagens da palavra de Deus Todo-Poderoso e tudo ficará mais claro. Deus Todo-Poderoso disse: ‘Na época, a obra de Jesus foi a redenção de toda a humanidade. Os pecados de todos que acreditavam Nele foram perdoados; contanto que você acreditasse Nele, Ele o redimiria; se você acreditasse Nele, não era mais pecador e estava aliviado de seus pecados. É isso que significava ser salvo e ser justificado pela fé. No entanto, naqueles que acreditavam ainda restava o que era rebelde e se opunha a Deus e o que ainda precisava ser removido lentamente. A salvação não significava que o homem havia sido completamente ganho por Jesus, mas sim que o homem não era mais do pecado, que ele havia sido perdoado de seus pecados: se você acreditasse, nunca mais seria do pecado’ (de ‘A visão da obra de Deus (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”). ‘A obra dos últimos dias é proferir palavras. Grandes mudanças podem ser efetuadas no homem por meio das palavras. As mudanças ora efetuadas nessas pessoas, na aceitação dessas palavras, são muito maiores do que as efetuadas nas pessoas na aceitação dos sinais e maravilhas da Era da Graça. Pois, na Era da Graça, os demônios eram expulsos do homem com a imposição das mãos e pela oração, mas os caracteres corruptos dentro do homem ainda permaneciam. O homem foi curado de sua doença e teve seus pecados perdoados, mas quanto a como exatamente o homem seria purificado dos caracteres satânicos corruptos dentro dele, essa obra ainda estava por ser feita. O homem foi apenas salvo e teve seus pecados perdoados por sua fé, mas a natureza pecaminosa do homem não foi extirpada e ainda permaneceu dentro dele. Os pecados do homem foram perdoados por meio da agência do Deus encarnado, mas isso não significa que o homem não tenha mais pecado dentro de si. Os pecados do homem podiam ser perdoados através da oferta pelo pecado, mas quanto a como exatamente se pode fazer o homem não pecar mais, e como sua natureza pecaminosa pode ser extirpada completamente e transformada, ele não tem como resolver esse problema. Os pecados do homem foram perdoados, e isso foi por causa da obra da crucificação de Deus, mas o homem continuou a viver no caráter satânico corrupto antigo. Sendo assim, o homem deve ser completamente salvo de seu caráter satânico corrupto para que a natureza pecaminosa do homem seja completamente extirpada para nunca mais se desenvolver, permitindo, assim, que o caráter do homem seja transformado. Isso requer que o homem entenda a senda do crescimento na vida, entenda o caminho da vida e entenda o caminho para mudar seu caráter. Além disso, requer que o homem aja de acordo com essa senda, para que o caráter do homem possa ser mudado paulatinamente e que ele possa viver sob o brilho da luz, para que tudo o que ele faça esteja de acordo com a vontade de Deus, para que ele possa eliminar o seu caráter satânico corrupto e para que possa libertar-se da influência das trevas de Satanás, emergindo, assim, completamente do pecado. Só então o homem receberá a salvação completa’ (de ‘O mistério da encarnação (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”). ‘Embora Jesus tenha feito muita obra entre os homens, Ele apenas completou a redenção de toda a humanidade e tornou-Se oferta pelo pecado dos homens e não livrou o homem de todo o seu caráter corrupto. Salvar o homem plenamente da influência de Satanás não exigiu apenas que Jesus tomasse os pecados do homem como oferta pelo pecado, mas também exigiu que Deus fizesse uma obra maior para livrar o homem completamente de seu caráter, que foi corrompido por Satanás. E assim, depois que os pecados do homem foram perdoados, Deus voltou para a carne para guiar o homem até a nova era e começou a obra do castigo e julgamento, e essa obra tem trazido o homem a um reino superior. Todo aquele que se submete ao Seu domínio desfrutará de uma verdade maior e receberá bênçãos maiores. Eles viverão verdadeiramente na luz e ganharão a verdade, o caminho e a vida’ (de ‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”). Podemos ver pelas palavras de Deus Todo-Poderoso que se nos apegarmos somente à obra redentora de Deus da Era da Graça e não aceitarmos a obra de julgamento dos últimos dias, o problema da origem do nosso pecado não será resolvido. Deus Todo-Poderoso dos últimos dias chegou e realizou uma etapa da obra sobre o fundamento da obra de redenção, julgando e purificando o homem — proferindo verdades para revelar a verdade da corrupção do homem e julgando sua natureza satânica. Ele veio para mudar o caráter satânico das pessoas, libertá-las completamente da influência de Satanás e salvá-las. É evidente que a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias é a obra mais crítica e fundamental para purificar, salvar e aperfeiçoar as pessoas. Portanto, somente aceitando a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias podemos ter um verdadeiro entendimento de nossa própria essência corrompida e do caráter justo de Deus, libertar-nos completamente da influência de Satanás, ser salvos por Deus e tornar-nos pessoas que obedecem, adoram e são compatíveis com Ele”.

A estrada para a purificação

Ouvindo essas comunhões, meu coração iluminou-se e senti que meus antigos problemas tinham, finalmente, sido resolvidos. Então, Deus estava apenas realizando a obra de redenção na Era da Graça, não a obra de livrar as pessoas de seu caráter satânico corrupto. A obra de julgamento por Deus ao revelar a verdade através de Sua encarnação nos últimos dias é a obra de total purificação e salvação do homem. Então, como Deus purifica, muda as pessoas e as salva completamente? Eu estava ansioso para saber a resposta para essa questão. Assim, eu não podia esperar para perguntar: “Eu entendi o que você acabou de falar e sei que só podemos alcançar a purificação com a segunda vinda do Senhor realizando uma etapa da obra de julgamento. É isso que eu desejo há muito tempo. O que eu realmente quero saber agora é como Deus Todo-Poderoso realiza a obra de julgamento, purificando e salvando as pessoas? Por favor, compartilhe sua comunhão”.

A irmã Su prosseguiu: “A questão de como Deus Todo-Poderoso realiza a obra de julgamento, purificando e salvando as pessoas, é particularmente importante para todos que queiram alcançar a transformação e a purificação. As palavras de Deus Todo-Poderoso dizem a verdade sobre esse assunto. Vou enviar-lhe as palavras de Deus Todo-Poderoso. Irmão, por favor, leia!”

Eu li com entusiasmo as palavras de Deus Todo-Poderoso: “Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras; Ele também expõe, trata e poda no longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Depois que terminei de ler as palavras de Deus, a irmã Su continuou com sua comunhão: “As palavras de Deus Todo-Poderoso dizem com muita clareza como Ele julga e purifica as pessoas. Deus nos últimos dias está declarando, principalmente, a verdade a respeito do caráter corrupto do homem e sua natureza satânica de resistência a Deus, a fim de julgar, purificar e salvar o homem. Deus Todo-Poderoso enunciou verdades sobre muitos aspectos — como Satanás corrompeu as pessoas, como Deus as salvou, o que é seguir as pessoas, o que é obedecer a Deus, quais pontos de vista o homem deve ter ao crer em Deus, o que é transformação de caráter, o que é temer a Deus e evitar o mal, o que é ofender o caráter de Deus, como ser um homem honesto, etc. Todas essas verdades possuem autoridade e poder e podem prover as pessoas com vida. Esse é o caminho da vida eterna que Deus concede à humanidade. Se as pessoas aceitarem e praticarem a palavra de Deus, elas poderão alcançar a purificação e a salvação. Nós vivenciamos alguns anos da obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso e tivemos uma experiência pessoal. Quando lemos as palavras de Deus Todo-Poderoso de julgamento, castigo e revelação do homem, sentimos que elas são como uma espada de dois gumes, revelando nossa rebeldia, corrupção, resistência, intenções erradas, noções, imaginações e, até mesmo, as toxinas de Satanás escondidas nas profundezas do nosso coração. Isso nos faz ver que somos arrogantes e presunçosos, desonestos e astutos, egoístas, mesquinhos e cegos a tudo, menos aos nossos próprios interesses, quase sem nenhum temor a Deus. Vemos que tudo o que fazemos e tudo que preenche nosso coração é imundície e corrupção. Sem qualquer semelhança humana. Todos sentimos muita vergonha de mostrar o rosto. Percebemos que, se continuarmos a viver de acordo com o caráter corrupto de Satanás, sempre seremos pessoas que desagradam a Deus, nunca conquistaremos o Seu louvor e estaremos destinados à eliminação e punição. O julgamento e as revelações das palavras de Deus Todo-Poderoso são Deus nos julgando face a face, o que nos faz reconhecer Seu caráter majestoso, colérico e justo, e nos leva a desenvolver um coração temente a Deus, e a alcançar um arrependimento e uma mudança verdadeiros. Agora parece que estamos vivendo um pouco à semelhança do homem e vemos que, de fato, alcançamos a grande salvação de Deus. Se o julgamento de Deus não recaísse sobre nós, não seríamos capazes de conhecer Seu caráter justo que não tolera a ofensa do homem e Sua santa e boa essência. Também não desenvolveríamos ódio por nossa própria rebeldia e corrupção, nem seríamos capazes de deixar de lado nossa corrupção e de ser purificados. Então, quanto mais experimentamos o julgamento e o castigo de Deus, mais vemos que eles são a nossa melhor proteção, nossa maior bênção e a mais real salvação!”

A irmã Liu também comungou: “A obra de julgamento e castigo de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias é a obra de purificar, salvar e aperfeiçoar completamente as pessoas. Se não aceitarmos o julgamento diante do trono de Cristo dos últimos dias, não poderemos alcançar a purificação e as transformações em nosso caráter de vida. Assim, o resultado certamente será rejeição e eliminação por Deus. Além disso, sofreremos a perdição e perecermos. Nunca haverá uma chance de salvação e de entrar no reino dos céus. Isso é uma certeza”.

Eu disse com alegria: “Graças a Deus! Sinto meu coração iluminado depois de ouvir a sua comunhão. Eu creio no Senhor há muitos anos, mas vivo em pecado e não consigo me libertar. Agora entendo que se eu não experimentar o julgamento e castigo de Deus nos últimos dias, serei incapaz de me libertar da escravidão e da prisão do pecado. Hoje encontrei a senda para a purificação e a salvação”. Depois de vários dias de comunhão, minha esposa e eu entendemos algumas verdades e aceitamos a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias.

Graças a Deus Todo-Poderoso por me amar e me salvar! Como pastor, tenho a responsabilidade e a obrigação de trazer todos os pastores e os irmãos e irmãs que eu conheço para estarem diante de Deus. Depois de um período de cooperação, além de vários irmãos e irmãs, que compareciam às reuniões, aceitarem Deus Todo-Poderoso, eles também trouxeram outro pastor de uma igreja doméstica para a família de Deus, bem como a maioria dos irmãos e irmãs da igreja deles retornaram para Deus. Fiquei encantado ao ver que aqueles irmãos e irmãs haviam aceitado a salvação de Deus dos últimos dias e foram elevados diante de Seu trono. Tudo isso é fruto da obra de Deus Todo-Poderoso e atribuímos toda essa glória a Ele!

Conteúdo Relacionado