Pasta vazia. Adicione vídeo!

Filme evangélico "A conversa" Trecho 1 –Por que o Partido Comunista Chinês oprime tanto os cristãos?

Série sobre a revelação da verdade
903 visualização Publicado em 2019-01-07

Filme evangélico "A conversa" Trecho 1 – Por que o Partido Comunista Chinês oprime tanto os cristãos?

A Constituição Chinesa estabelece claramente a liberdade de religião, mas, nos bastidores, o governo despende vastos recursos humanos e financeiros para suprimir as crenças religiosas e perseguir cristãos brutalmente. Ele sequer parou de comprar os equipamentos de vigilância mais avançados para monitorar, rastrear e aprisionar cristãos. O governo chinês destituiu seus cidadãos do direito à liberdade de crença e privou arbitrariamente os crentes de seu direito à subsistência. Qual é a razão e o objetivo por trás das ações do Partido Comunista Chinês?

Relâmpago do Oriente, Igreja de Deus Todo-Poderoso foi criada por causa da aparição e da obra de Deus Todo-Poderoso, a segunda vinda do Senhor Jesus, Cristo dos últimos dias. Ela é constituída por todos aqueles que aceitam a obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias e que são conquistados e salvos por Suas palavras. Foi totalmente fundada pelo próprio Deus Todo-Poderoso e é liderada por Ele, como seu Pastor. Ela definitivamente não foi criada por uma pessoa. Cristo é a verdade, o caminho e a vida. As ovelhas de Deus ouvem a voz de Deus. À medida em que for lendo as palavras de Deus Todo-Poderoso, você presenciará a aparição de Deus.

Instrução especial: este vídeo foi produzido pela Igreja de Deus Todo-Poderoso como uma obra sem fins lucrativos. Os atores que aparecem nesta produção atuaram sem recebimento de cachê e não tiveram qualquer remuneração pelo seu trabalho. Este vídeo não pode ser distribuído com fins lucrativos a quaisquer terceiros. Esperamos que todos o compartilhem e distribuam publicamente. Quando for distribuí-lo, por favor, mencione a fonte. Nenhuma organização, grupo social ou pessoa física pode modificar ou distorcer o conteúdo deste vídeo sem o consentimento prévio da Igreja de Deus Todo-Poderoso.